Vôlei Nestlé supera Terracap/BRB/Brasília Vôlei

Em Osasco

10 de fevereiro de 2017

Tandara foi destaque na vitória do Vôlei Nestlé

(João Pires/Fotojump)

Em casa, o Vôlei Nestlé (SP) alcançou a 13ª vitória na Superliga feminina de vôlei 16/17. Com 29 pontos da ponteira Tandara, o time do treinador Luizomar de Moura venceu, nesta sexta-feira (10.02), o Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 1 (25/23, 20/25, 25/18 e 30/28), em 2h08 de jogo, no José Liberatti, em Osasco (SP). A partida foi válida pela quinta rodada do returno da competição. 

O Vôlei Nestlé segue em terceiro lugar na classificação geral, com 40 pontos (13 vitórias e três derrotas). O Terracap/BRB/Brasília Vôlei continua na quarta posição, com 32 pontos (11 resultados positivos e seis negativos). O Rexona-Sesc (RJ) lidera, com 50 pontos. 

A ponteira Tandara foi o nome do jogo e terminou a partida com o Troféu VivaVôlei ao ser eleita a melhor em quadra em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), programa de responsabilidade social da CBV que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. A campeã olímpica ainda foi a maior pontuadora do confronto, com 29 acertos. A atacante fez questão de enaltecer o apoio da torcida no final do duelo. 

"Essa torcida ajuda muito e eles nos empurram o tempo todo. Eu ainda errei em alguns momentos, mas o importante foi que conseguimos esses três pontos que serão importantes para a nossa classificação", disse Tandara. 

As duas equipes voltarão à quadra na próxima terça-feira (14.02). O Vôlei Nestlé jogará com o Fluminense (RJ), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP). Já o Terracap/BRB/Brasília Vôlei enfrentará o Camponesa/Minas (MG), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF).

Outros jogos

O Rexona-Sesc (RJ) segue como líder isolado da Superliga feminina 16/17. No ginásio do Tijuca, a equipe carioca superou o Pinheiros (SP) por 3 sets a 2 (25/17, 17/25, 23/25, 25/15 e 15/5), em 2h de jogo, no Rio de Janeiro. A oposta Monique teve grande atuação, foi a maior pontuadora do confronto, com 19 acertos, e ficou com o Troféu VivaVôlei.

A ponteira Jaqueline brilhou e o Camponesa/Minas (MG) levou a melhor sobre o Rio do Sul (SC). O time mineiro venceu a equipe catarinense por 3 sets a 0 (25/16, 25/10 e 25/14), em 1h12 de jogo, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). A atacante bicampeã olímpica ficou com o Troféu VivaVôlei e foi a maior pontuadora do confronto, com 12 acertos.

Em casa, o Dentil/Praia Clube (MG) conseguiu mais uma vitória na Superliga feminina de vôlei 16/17. A equipe mineira venceu o Sesi-SP por 3 sets a 0 (25/14, 25/12 e 25/20), em 1h17 de jogo, no ginásio do Praia, em Uberlândia. A líbero Tássia se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei. Quem também brilhou foi a central Walewska, maior pontuadora do confronto, com 16 acertos. 

O São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) se deslocou até Valinhos (SP) e alcançou a quarta vitória na Superliga feminina de vôlei 16/17. O time do ABC Paulista venceu o Renata Valinhos/Country (SP) por 3 sets a 0 (25/17, 25/22 e 25/23), em 1h38 de jogo, no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP). A atacante Nikolle se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei. Já a ponteira Fernanda Tomé foi a maior pontuadora do confronto, com 21 acertos. 

O JOGO

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei começou melhor e fez 4/2. O Vôlei Nestlé cresceu de produção e empatou (5/5). Bem no saque e no contra-ataque, o time da casa abriu três pontos (14/11) e o treinador Anderson pediu tempo. Com um saque eficiente, o time candango encostou 19/17. A equipe de Osasco segurou a vantagem e venceu o primeiro set por 25/23. 

O segundo set começou equilibrado. Bem no ataque, o Vôlei Nestlé abriu dois pontos (5/3). O Terracap/BRB/Brasília Vôlei cresceu de produção e virou o marcador (11/10). Numa bola rápida da central Vivian, o time candango abriu quatro pontos (20/16). O Terracap/BRB/Brasília Vôlei manteve a liderança até o final do set e venceu a parcial por 25/20. 

Bem no saque, o Vôlei Nestlé fez 10/5 no início da quarta parcial. O Terracap/BRB/Brasília Vôlei cresceu de produção e virou o marcador (11/10). Neste momento, o time da casa voltou a ditar o ritmo da parcial e, numa bola rápida da central Nati Martins, fez 21/14. O time de Osasco foi melhor até o final e venceu o terceiro set por 25/18. 

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei voltou melhor para o quarto set e fez 5/1. Bem no bloqueio, o time de Osasco encostou (8/7). O set ficou disputado ponto a ponto. Com um erro da ponteira Amanda, o time de Osasco empatou (14/14). Com rallys muito disputados o set foi equilibrado até o final e o Vôlei Nestlé levou a melhor fechando o set por 30/28 e o jogo por 3 sets a 1. 

EQUIPES:

VÔLEI NESTLÉ – Dani Lins, Bjelica, Malesevic, Tandara, Bia e Natália. Líbero – Camila Brait
Entraram – Carol Albuquerque, Paula, Gabi, Clarisse
Técnico – Luizomar de Moura

TERRACAP/BRB/BRASÍLIA VÔLEI – Macris, Andreia, Paula Pequeno, Amanda, Roberta e Vivian. Líbero – Silvana 
Entraram – Mari Helen, Ana, Letícia, 
Técnico – Anderson 

QUINTA RODADA DO RETURNO 

10.02 (SEXTA-FEIRA) – Renata Valinhos/Country (SP) 0 x 3 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 20h30, no Pero Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP) (17/25, 22/25 e 23/25)
10.02 (SEXTA-FEIRA) – Rexona-Sesc (RJ) 3 x 2 Pinheiros (SP), às 19h30, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (25/17, 17/25, 23/25, 25/15 e 15/5)
10.02 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 Sesi-SP, às 19h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) (25/14, 25/12 e 25/20)
10.02 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF), às 21h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (25/23, 20/25, 25/18 e 30/28)
09.02 (QUINTA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 3 x 2 Genter Vôlei Bauru (SP), às 21h55, no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) (20/25, 25/21, 16/25, 27/25 e 15/12)
10.02 (SEXTA-FEIRA) – Camponesa/Minas (MG) 3 x 0 Rio do Sul (SC), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/16, 25/10 e 25/14)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro