Últimas oito vagas à fase principal são definidas no masculino em Natal

classificatório

19 de outubro de 2017

Eduardo Davi e Borlini conseguiram classificação à fase principal do torneio

(Renan Rodrigues/CBV)

Em Natal (RN) – 19.10.2017

O classificatório do torneio masculino definiu nesta quinta-feira (19.10) os oito últimos classificados à etapa de Natal (RN) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia. Foram 23 partidas e 30 duplas lutando pelas vagas numa espécie de pré-torneio na arena montada na Praia do Forte. E os times com melhor ranking confirmaram o favoritismo nos duelos.

No classificatório, quem perde está eliminado. E dos oito times mais bem ranqueados na disputa, apenas um não conseguiu a vitória. Avançaram à fase de grupos do torneio Lipe/Fábio (CE), Miguel/Jefferson (MS/CE), Averaldo/Harley (TO/DF), Marcos Cabral/Daniel Souza (RJ), Eduardo Davi/Borlini (PR/ES), Vinícius Freitas/Luciano (ES), Matheus Maia/Felipe Cavazin (RJ/PR) e Marcus/Vinícius Cardozo (RJ).

“Jogo de qualificatório é sempre complicado, um erro e você pode voltar para casa. Ainda mais em Natal, com ventos sempre bastante fortes. Não tem favorito. O time adversário entrou forte e demos alguns pontos de graça no primeiro set, mas conseguimos nos reerguer para ganhar o jogo”, disse Borlini, cabeça de chave número três, que completou.

“Eduardo e eu estamos tendo uma evolução, somos um time novo. Na primeira etapa superamos o classificatório, agora novamente. A meta é conseguir bons resultados na fase principal para subirmos mais no ranking e entrarmos direto entre os 16 melhores”.

Os oito times que conquistaram a vaga pelo classificatório se juntam aos 16 times que já estavam garantidos no torneio pelo ranking de entradas, formando seis grupos.

No torneio masculino, as 16 duplas já garantidas pelo ranking são Saymon/Rico Silva (MS/PB), Pedro Solberg/George (RJ/PB), Vitor Felipe/Guto (PB/RJ), Evandro/André Stein (RJ/ES), Oscar/Thiago (RJ/SC), Jeremy/Bruno Schmidt (RJ/DF), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR), Léo Gomes/Ferramenta (RJ), Ramon Gomes/Fernandão (RJ/ES), Gilmário/Bernardo Lima (PB/CE), Jô/Léo Vieira (PB/DF), Moisés/Bruno (BA/AM), Anderson Melo/Pedro Marins (RJ), Allison/Márcio Gaudie (RJ), Pedro Henrique/Benjamin (PB/MS) e Ricardo/Priddy (BA/EUA).    

O paraibano Álvaro Filho, com uma virose, acabou não confirmando participação e desistiu de participar da etapa. Com isso, seu parceiro Saymon, do Mato Grosso do Sul, jogará ao lado do também paraibano Rico Silva, em time formado apenas para o torneio de Natal.      

As 24 duplas disputam a fase de grupos em seis grupos de quatro times. Os primeiros e segundos colocados de cada chave, além dos quatro melhores terceiros colocados vão para as oitavas de final. Desta etapa em diante o torneio segue em formato eliminatório direto até a decisão. A final feminina acontece na noite de sábado (21.10), enquanto a disputa do ouro no torneio masculino fica para a manhã de domingo (22.10).

O Circuito Brasileiro 2017/2018 é composto por sete etapas, três delas que ocorrem até o final deste ano, enquanto outras quatro serão realizadas em 2018, com cidades e datas a definir. Além de Campo Grande e Natal (RN), o tour passará por Itapema (SC), de 15 a 19 de novembro.

A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são quase R$ 500 mil por etapa. A novidade nesta temporada fica por conta da volta do classificatório e do aumento de duplas, passando de 16 para 24 times na fase de grupos da competição.

NATAL (RN) PELA 10ª VEZ
O Circuito Brasileiro Open desembarca na capital potiguar pela 10ª vez, tendo sido realizado pela primeira vez em 1991. Além das nove paradas do torneio nacional, outras quatro etapas do Circuito Challenger também foram disputadas em Natal (RN). O ex-jogador baiano Paulo Emílio é o maior vencedor na cidade, com três títulos. Entre as mulheres, a medalhista olímpica Shelda possui quatro conquistas e é a maior vencedora.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=27&sexo=m

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro