Rexona-Sesc vence o duelo carioca contra o Fluminense

Bom começo

1 de novembro de 2016

Rexona-Sesc comemora a vitória contra o Fluminense

(Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV)

O Rexona-Sesc (RJ) começou com vitória a Superliga feminina de vôlei 16/17. Nesta terça-feira (01.11), a equipe do treinador Bernardinho levou melhor no duelo carioca contra o Fluminense por 3 sets a 0 (25/21, 25/19 e 25/17), em 1h25 de jogo, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). A partida encerrou a primeira rodada do turno da competição.
 
As duas equipes voltarão à quadra ainda nesta semana. O Rexona-Sesc duelará com o Renata Valinhos/Country (SP) às 21h55 desta quinta-feira (03.11), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro, com transmissão ao vivo do SporTV. Já o Fluminense enfrentará o Rio do Sul (SC) às 20h desta sexta-feira (04.11), no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). 

A ponteira Gabi teve atuação destacada, foi eleita a melhor em quadra em votação popular no site da CBV e levou o Troféu VivaVôlei para casa. O VivaVôlei é o  programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. 

Para a atacante Gabi, o Rexona-Sesc apresentou boa atuação no duelo de estreia na Superliga 16/17. 

“Estou muito feliz com essa partida. Nós mostramos uma boa evolução em relação ao Carioca. Viemos para essa partida com mais jogos e tivemos uma atuação consistente. Nossas bolas rápidas funcionaram muito bem e tanto o bloqueio quanto a defesa foram efetivos. Diminuímos o número de erros, mas ainda temos muito o que melhorar como o nosso passe. Queremos crescer como conjunto durante a Superliga”, explicou Gabi. 

A oposta Monique foi a maior pontuadora do confronto, com 14 acertos. 

Pelo lado do Fluminense, a campeã olímpica Sassá lamentou a derrota, mas elogiou a postura da equipe da casa. 

“Na final do Carioca conseguimos encaixar o nosso jogo 100% e sabemos que contra uma equipe como a do Rexona-Sesc isso é fundamental. É muito difícil jogar e ganhar da equipe delas. Na partida de hoje faltou agressividade no nosso saque que poderia ter complicado o jogo para elas. Estamos começando a Superliga, temos que buscar a nossa regularidade e crescer na competição”, afirmou Sassá. 

Outro jogo

Em partida adiantada da quarta rodada do turno da competição, o Vôlei Nestlé (SP) alcançou o segundo resultado positivo na Superliga feminina de vôlei 16/17. Nesta terça-feira, a equipe de Osasco superou o Rio do Sul por 3 sets a 0 (25/20, 28/26 e 25/18), no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). A central Bia teve atuação destacada e levou o Troféu VivaVôlei para casa. 

EQUIPES: 

Rexona-Sesc – Roberta, Monique, Anne Buijs, Gabi, Carol e Juciely. Líbero – Fabi 
Entraram – Camilla Adão e Helô 
Técnico – Bernardinho 

Fluminense – Pri Heldes, Renatinha, Sassá, Jú Costa, Lara e Letícia Hage. Líbero – Jú Perdigão 
Entraram – Arianne, Jordane 
Técnico – Hylmer Dias 

GALERIA DE FOTOS:

http://2016.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/26257-rio-de-janeiro-rj—-01.11.2016—superliga-feminina—fluminense-x-rexona-sesc.html

1ª RODADA DO TURNO 

27.10 (QUINTA-FEIRA) – Renata Valinhos/Country (SP) 1 x 3 Dentil/Praia Clube (MG) (19/25, 25/16, 18/25 e 18/25), no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP) – SporTV 
27.10 (QUINTA-FEIRA) – Genter Vôlei Bauru (SP) 3 x 1 Camponesa/Minas (MG) (25/23, 25/21, 20/25 e 25/19), no Panela de Pressão, em Bauru (SP) – RedeTV 
28.10 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 0 x 3 Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) (26/24, 25/15 e 25/23), no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) 
29.10 (SÁBADO) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) (25/18, 25/22, 22/25 e 25/18), no José Liberatti, em Osasco (SP) 
30.10 (DOMINGO) – Sesi-SP 1 x 3 Rio do Sul (SC) (25/16, 21/25, 14/25 e 21/25), no ginásio do Sesi, em Santo André (SP) – SporTV  
01/11/2016 (TERÇA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 0 x 3 Rexona-Sesc (RJ) (21/25, 19/25 e 17/25), no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro