Pinheiros vence o Camponesa/Minas fora de casa

Segunda vitória

21 de outubro de 2017

(Orlando Bento/MTC)

O Pinheiros (SP), que já havia vencido na primeira rodada da Superliga feminina de vôlei 2017/2018, garantiu mais um resultado positivo na tarde deste sábado (21.10), quando esteve em Belo Horizonte (MG) e levou a melhor sobre o Camponesa/Minas (MG). O time de São Paulo perdeu o primeiro set, mas mudou a história da partida e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 19/25, 25/21, 9/25, 25/23 e 15/12.

Apesar do resultado negativo, a oposto do time mineiro, Rosamaria, foi a maior pontuadora, com 23 acertos (21 de ataque e dois de bloqueio). Na equipe paulistana, a central Milka foi quem mais pontuou, com o total de 17 pontos (13 de ataque, três de bloqueio e um de saque).

A levantadora do Pinheiros, Diana, recebeu o maior número de votos no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, por isso, foi premiada com o Troféu VIvaVôlei CIMED, de melhor jogadora da partida. Ao receber o prêmio, no entanto, a jogadora dividiu com a central Milka e com a outra levantadora da equipe, Bruninha.

“Sabemos das dificuldades que nós e todos os times vão enfrentar, estamos acompanhando todos os jogos da Superliga e sabemos que não está fácil para nenhuma equipe. Hoje, nossa atitude mostrou isso, conseguimos mudar o jogo e muita coisa pode acontecer. A competição é muito longa”, disse Diana.

Bruninha, que substituiu a levantadora titular ao longo da partida, comemorou o resultado positivo. “Essa vitória é muito importante e nós, que estamos do lado de fora, treinamos para isso, para entrar, render e ajudar a equipe a buscar a vitória. Esse grupo é muito forte”, afirmou Bruninha.

O Pinheiros, que havia batido o Vôlei Bauru (SP) na estreia da competição, volta à quadra na próxima sexta-feira (27.10), em casa, para enfrentar o Dentil/Praia Clube (MG). A partida será às 21h30, com transmissão ao vivo do SporTV. Também pela terceira rodada, o Camponesa/Minas, que agora acumula duas derrotas – para o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) e Pinheiros – irá ao Rio de Janeiro encarar o Fluminense no dia seguinte, às 14h05, com transmissão ao vivo da RedeTV.

Ainda pela segunda rodada, O BRB/Brasília (DF) receberá o Sesi-SP neste sábado, às 18h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF).

O JOGO

Karol Tormena abriu o jogo, pontuando para o Camponesa/Minas. No bloqueio de Carol Gattaz, a equipe da casa marcou 3/1. Na paralela de Pri Daroit, o grupo mineiro marcou 7/4. O placar ainda foi ao dobro de pontos em 10/5. Com Milka, o Pinheiros marcou 7/12. Quando o marcador foi a 14/7, Paulo de Tarso pediu tempo. As donas da casa mantiveram o ritmo forte e a diferença no placar: 18/11. Com Rosamaria, 20/12. O Pinheiros reagiu, no ace de Milka fez 17/22 e Lavarini pediu tempo. Administrando a boa vantagem, o Camponesa/Minas fechou em 25/19.

O segundo set começou com mais equilíbrio, com as equipes empatando em 3/3. O Pinheiros passou a frente, fez 5/3 e o técnico italiano, do Minas, pediu tempo. Com Rosamaria, o Camponesa/Minas chegou ao ponto de empate: 5/5. O time paulista abriu três de vantagem em 10/7. A equipe da casa buscou e chegou ao ponto de empate (10/10). O Pinheiros abriu vantagem e o Minas reagiu, deixando tudo igual novamente em 16/16. O grupo da casa abriu dois em 18/16. O set ganhou ainda mais emoção no empate em 21/21. Na largadinha de Vanessa, o Pinheiros fez 22/21. O time visitante seguiu bem e fechou em 25/21.

O Camponesa/Minas saiu na frente no terceiro set e o Pinheiros empatou. Rosamaria pontuou e levou o time mineiro a 5/3. Melhor no momento, as donas da casa colocaram o dobro de pontos em 8/4. No bloqueio de Carol Gattaz, o Minas marcou 11/6. A diferença no placar a favor do time mineiro aumentou e foi a 10: 17/7. No bloqueio, o Camponesa/Minas ainda fez 18/7. Muito bem neste fundamento, o grupo da casa chegou a 21/7. Mara marcou 22/7. Sem enfrentar dificuldades, o Camponesa/Minas fechou em 25/9.

Sem desanimar, o Pinheiros voltou com ritmo forte para o quarto set e, com mudanças na formação, fez 4/2. No erro do adversário, a equipe da capital paulista abriu três de vantagem em 8/5. Milka marcou 11/8. Na jogada seguinte, seu time errou, o placar foi a 12/8 e o técnico do Minas pediu tempo. Em boa passagem de Rosamaria pelo saque, o Camponesa/Minas reagiu e encostou no placar: 12/13. Pri Daroit atacou na entrada de rede e deixou tudo igual (14/14). O Pinheiros voltou a abrir (17/14) e Lavarini pediu tempo. O time de São Paulo seguiu bem e fez 19/15. O Minas encostou em 18/19 e o jogo ficou empatado em 20/20. As visitantes voltaram a abrir e, com Vanessa, fizeram 23/20. O time da casa voltou a encostar no placar (23/24), mas o Pinheiros fechou em 25/23.

O set decisivo começou bastante disputado. Bruna marcou 3/2 para o Pinheiros. A equipe paulista colocou dois de vantagem com Milka: 6/4. Neste momento, o treinador do Camponesa/Minas pediu tempo. Na volta, o Pinheiros marcou mais um (7/4). Bruna pontuou mais uma vez neste tie-break e levou o time visitante a 9/6. A equipe mineira reagiu e encostou no placar em 8/9. O Minas ainda chegou ao ponto de empate (9/9). O Pinheiros voltou a colocar vantagem (12/10) e fechou o jogo em 15/12.

EQUIPES

CAMPONESA/MINAS – Macris, Rosamaria, Mara, Carol Gattaz, Pri Daroit e Karol. Líbero – Léia

Entraram – Natália, Georgia, Mayany

Técnico: Stefano Lavarii

PINHEIROS – Diana, Bruna, Roberta, Milla, Vanessa, Maira. Líbero – Ju Paes

Entraram – Ivna, Bruna C., Mari, Lays, Lana

Técnico: Paulo de Tarso

SUPERLIGA FEMININA 17/18

2ª rodada do turno

20.10 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 19h30, no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG) (25/12, 25/13 e 25/21)

20.10 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 2 Renata Valinhos/Country (SP), às 10h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (30/32, 25/11, 25/11, 28/30 e 15/8)

20.10 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Bauru (SP) 3 x 1 Fluminense (RJ), às 19h, no Panela de Pressão, em Bauru (SP) – SporTV (23/25, 29/27, 25/20 e 25/16)

20.10 (SEXTA-FEIRA) – Sesc-RJ 3 x 2 Hinode Barueri (SP), às 21h30, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (24/26, 23/25, 25/22, 25/23 e 15/12)

21.10 (SÁBADO) – Camponesa/Minas (MG) 2 x 3 Pinheiros (SP), às 14h05, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/19, 21/25, 25/9, 23/25 e 12/15)

21.10 (SÁBADO) – BRB/Brasília Vôlei (DF) x Sesi-SP, às 18h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro