Pinheiros estreia no returno com vitória sobre o Fluminense

Bom começo

17 de janeiro de 2019

Bloqueio duplo do Pinheiros

(Mailson Santana/Fluminense)

O Pinheiros (SP) levou a melhor contra o Fluminense (RJ) no jogo de abertura do returno da Superliga Cimed feminina de vôlei 18/19. Nesta quinta-feira (17.01), a equipe da capital paulista superou o time tricolor por 3 sets a 1 (18/25, 25/20, 25/23 e 25/19), no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ).

O time da capital paulista está em nono lugar na classificação geral, com 12 pontos (quatro vitórias e oito derrotas). O Fluminense segue na sétima colocação, com 16 pontos (cinco resultados positivos e sete negativos). O Dentil/Praia Clube (MG) é o líder, com 30 pontos.

A central Camila Paracatu, do Pinheiros, aniversariante do dia, brilhou no confronto, marcou 17 pontos e ficou com o Troféu VivaVôlei. Ao final do duelo, Camila comentou sobre a partida e falou da emoção de comemorar o aniversário com um importante resultado na Superliga Cimed.

“Foi um super presente de aniversário. Estávamos precisando de uma vitória como essa. Trabalhamos muito forte todos os dias e nesse jogo entramos muito focadas e concentradas na busca por esse resultado. Isso fez a diferença. Estou muito feliz e esse VivaVôlei vai para todo o time que jogou muito bem”, disse Camila Paracatu.

Apesar da derrota, o Fluminense teve a maior pontuadora do confronto, a oposta Joycinha, com 18 acertos.

As duas equipes voltarão à quadra pela Superliga Cimed na próxima sexta-feira (25.01). O Fluminense jogará com o Balneário Camboriú (SC), às 20h, no Multieventos Hamilton L. Cruz, em Balneário Camboriú (SC). Já o Pinheiros medirá forças com o Hinode Barueri (SP), às 21h30, no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP).

O JOGO

A partida começou equilibrada. Se aproveitando dos erros do Pinheiros, o Fluminense fez 6/3. Com três pontos de saque da oposta norte-americana Payne, o time paulista virou o marcador e fez 8/6. O time da casa cresceu de produção e, com um ace da ponteira Thaisinha, virou o marcador (15/14). O set ficou disputado ponto a ponto. Quando o Fluminense fez 19/17, o técnico Sérgio Negrão pediu tempo. O Fluminense seguiu melhor e venceu o primeiro set por 25/18.

O Pinheiros voltou melhor para o segundo set e fez os três primeiros pontos. O Fluminense empatou a parcial no quinto ponto. Com um ponto de bloqueio da central Roberta, as paulistas fizeram 8/7. A ponteira Herrera cresceu de produção e o time da capital paulista abriu dois pontos (13/11). Quando o Pinheiros fez 17/14, o treinador Hylmer pediu tempo. A central Lara fez um ace e as donas da casa encostaram no marcador (18/17).  O Pinheiros segurou uma reação do time carioca e venceu o segundo set por 25/20.

O Pinheiros seguiu melhor no início do terceiro set e fez os quatro primeiros pontos da parcial. A central Roberta se destacava no bloqueio e as visitantes fizeram 8/3. A ponteira Thaisinha cresceu de produção e as cariocas encostaram no marcador (11/9). O Pinheiros fez três pontos seguidos e o treinador Hylmer voltou a parar o jogo (14/9). O time visitante se destacava no saque e a diferença no placar subiu para sete pontos (19/12). Bem no bloqueio, o Fluminense conseguiu quatro pontos seguidos (19/16). O Pinheiros segurou a vantagem e venceu o terceiro set por 25/23.

Bem no saque, o Pinheiros fez 6/3 no início do quarto set. Com um saque e bloqueio eficientes, as visitantes fizeram 12/7. A oposta Ariane cresceu de produção e donas da casa encostaram no marcador (13/11). As visitantes voltaram a abrir quatro pontos (15/11) e o treinador Hylmer pediu tempo. Com Clarisse bem no ataque, as paulistas fizeram 19/16. O Pinheiros foi melhor até o final e venceu o quarto set por 25/19 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES:

Fluminense – Giovana, Joycinha, Thaisinha, Pri Daroit, Lara e Letícia Hage. Líbero – Sassá
Entraram – Ariane, Jú Carrijo, Carla, Larissa, Teny, Marcella 
Técnico – Hylmer

Pinheiros – Lyara, Mari Cassemiro, Payne, Clarisse, Camila Paracatu e Roberta. Líbero – Jú Perdigão 
Entraram – Lorena, Herrera, Amanda, Fran
Técnico – Sérgio Negrão

SUPERLIGA CIMED FEMININA 18/19

Primeira rodada do returno

18.01 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Balneário Camboriú (SC), às 19h30, no Praia Clube, em Uberlândia (MG)

18.01 (SEXTA-FEIRA) – Osasco-Audax (SP) x São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP)

18.01 (SEXTA-FEIRA) – Hinode Barueri (SP) x Sesi Vôlei Bauru (SP), às 21h30, no José Correa, em Barueri (SP) – SporTV 2

18.01 (SEXTA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) x Sesc RJ, às 20h, na Univ. Positivo, em Curitiba (PR) – Canal Vôlei Brasil

18.01 (SEXTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) x BRB/Brasília Vôlei (DF), Às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)

17.01 (QUINTA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 1 x 3 Pinheiros (SP), às 19h, no Hebraica, no Rio de Janeiro – Globoesporte.com (25/18, 20/25, 23/25 e 19/25)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro