Oscar/Thiago são superados por cubanos, mas avançam em primeiro do grupo

Jogos Pan-Americanos

26 de julho de 2019

Oscar (esq) e Thiago foram derrotados, mas saíram em primeiro da chave

(Cesar Fajardo/Lima 2019)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 26.07.2019

A dupla brasileira de vôlei de praia Oscar e Thiago (RJ/SC) acabou superada pelos cubanos Gonzalez/Reyes por 2 sets a 1 (21/16, 14/21, 16/18) na tarde desta sexta-feira (26.07), nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru). Apesar do revés, o time do Brasil saiu na primeira posição do grupo C, evitando a repescagem e indo direto às quartas de final.

Brasileiros, cubanos e uruguaios venceram dois jogos e perderam um em empate triplo na chave, mas Oscar/Thiago terminou na primeira posição por ter perdido menos sets. Com isso, os brasileiros folgam neste sábado (27.07) e entram em quadra apenas no domingo (28.07), às 16h (de Brasília), contra vencedor do duelo entre times de México e El Salvador.

Apesar do revés, Oscar destacou a partida disputada ponto a ponto contra os cubanos, adversários tradicionais no cenário internacional.

“Os cubanos jogaram bem, usaram uma boa estratégia de bloqueio. Mas saímos felizes, claro que queríamos vencer, mas nosso objetivo era sair em primeiro do grupo. Não gostamos de perder, acontece, mas apresentamos um bom voleibol, um bom ritmo, foi disputado até o final. Vamos descansar e se preparar para a próxima fase”, disse o defensor, autor de 14 pontos, sendo 12 em ataques, um ace e um bloqueio.

Thiago foi o maior pontuador do duelo, com 28 acertos. Ele elogiou a atuação dos adversários, mas lembrou que a parceria brasileira apresentou bom volume de jogo.

“O time de Cuba não tinha conseguido uma exibição como essa nas outras partidas, vieram com muita garra, jogaram muito bem. Mas foi definido ponto a ponto ali no tie-break, perdemos, mas poderíamos ter saído com a vitória também. Foram detalhes que vamos buscar corrigir. Mas estou feliz com nossa performance individual, fizemos um espetáculo muito bom, quem assistiu teve a chance de desfrutar de belo jogo de vôlei”, destacou.

O Jogo
A dupla cubana começou abrindo dois pontos de vantagem no início, mas a parceria brasileira virou o placar para 8 a 7 em lindo golpe de Oscar. Na parada técnica, Oscar/Thiago vencia por 12 a 9 após ótimo bloqueio de Thiago. Mantendo a virada de bola, a parceria verde e amarela abriu 17 a 13, fazendo os cubanos pedirem tempo. Administrando a vantagem, eles fecharam a parcial por 21 a 16 em ponto de saque de Thiago.

O segundo set começou com Thiago mantendo os ataques potentes e forçando o saque. Em largada de Oscar, a dupla brasileira abriu 4 a 2. Os cubanos não desistiram, anotaram quatro pontos seguidos e viraram para 6 a 4. Com a vantagem, Gonzalez e Reyes se soltaram e abriram vantagem, especialmente com bloqueios, abrindo 17/12. Em ace de Reyes, fecharam por 21 a 14, levando a partida para o tie-break.

O Brasil começou mantendo vantagem mínima no set de desempate, com Thiago incomodando no bloqueio. Em ace de Oscar, o time abriu 10 a 8. Os cubanos empataram e virara parar 12/11 em ataque na rede de Thiago. No lance seguinte, bloqueio de Gonzalez, com os rivais abrindo dois pontos. Os brasileiros salvaram dois match points, mas não conseguiram evitar a derrota após ataque para fora de Oscar: 18 a 16 no tie-break.

O formato de disputa do vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos 2020 acontece da seguinte maneira: as 16 duplas de cada gênero serão divididas em quatro grupos de quatro. O primeiro colocado de cada chave avança direto às quartas de final. Segundos e terceiros disputam uma rodada eliminatória extra, de oitavas de final. Na sequência ocorrem as semifinais e posteriormente as disputas pelas medalhas de bronze e ouro.

O Brasil é o país com mais medalhas na história dos Jogos Pan-Americanos, desde a inserção da modalidade no programa esportivo, em 1999. Somando os gêneros masculino e feminino, são cinco medalhas de ouro, três de prata e três de bronze. Cuba aparece na segunda posição, com seis medalhas conquistadas no total.

Jogos Pan-Americanos – Vôlei de Praia Masculino
Fase de Grupos
24.07 – Brasil 2 x 0 Costa Rica – 21/13, 21/14
25.07 – Brasil 2 x 0 Uruguai – 21/16, 21/14
26.07 – Brasil 1 x 2 Cuba – 21/16, 14/21, 16/18

Quartas de Final
28.07 – Brasil x México/El Salvador – 16h 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro