Na Bolívia, duplas brasileiras buscam vaga no mundial sub-19

29 DE JULHO

Na Bolívia, duplas brasileiras buscam vaga no mundial sub-19
Delegação brasileira chega em Cochabamba (Créditos: Divulgação)

A partir desta sexta-feira (30.07) os jovens talentos do vôlei de praia do Brasil iniciam a busca pela classificação ao mundial sub-19, que acontece em setembro em Roi Et, na Tailândia. Mas para embarcarem rumo ao sudeste asiático, os brasileiros precisam garantir uma das cinco vagas disponíveis para cada gênero. Esta é a missão de Maria Fernanda/Carolina Sallaberry (RJ) e Samuel/Nicolas (SC/RS), que disputam com rivais sul-americano o classificatório no Club Olympic, em Cochabamba (BOL), que acontece até o próximo domingo (01.08).

No evento na cidade boliviana estarão presentes representantes de Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Bolívia. Na disputa feminina as oito duplas inscritas foram divididas em dois grupos com quatro integrantes cada. Maria Fernanda e Carolina Sallaberry (RJ) estreiam na manhã desta sexta-feira contra Marcela/Danae (CHI), às 10h (horário de Brasília). O treinador da equipe feminina do Brasil, Marcelo Carvalhaes, o Big, falou sobre a expectativa para o evento.

“A gente participa com uma dupla formada pela Maria Fernanda, que tem 18, e a Carolina, que tem 16, e ambas fizeram campanhas muito boas nos circuitos de base no Brasil. A nossa expectativa é boa, mas ainda não conhecemos muito as adversárias. Sabemos que os trabalhos feitos em alguns países como Chile, Colômbia, Peru e a própria Bolívia são muito bons. Então, temos que jogar, conhecer os times conforme a competição se desenrola. É bom para as meninas pegarem experiência, é a primeira vez delas jogando um evento internacional”, disse big.

A chave masculina contará com sete duplas, que jogarão entre si em turno único. Samuel e Nicolas (SC/RS) estreiam contra Usaqui/Maurício, do Peru, às 11h40 (horário de Brasília). Quem comandará a dupla verde e amarela na competição é Robson Xavier. O treinador destacou os chilenos e os equatorianos como principais rivais.

“Nossa expectativa para qualquer competição é sempre alta. A gente chega sempre de olho no título, desempenhar o nosso papel, que é conquistar a vaga. Temos uma dupla que vem jogando junta há algum tempo, iniciou o trabalho conosco lá em 2019, e agora culminando neste momento. Temos alguns adversários que a gente já conhece e devem vir fortes como o Chile, que vem trabalhando bem. Vamos enfrentar também uma dupla boa do Equador”, Robson Xavier.

Ainda nesta quinta Maria Fernanda e Carolina enfrentarão Isabel/Alvira (COL), às 15h. E Samuel/Nicolas mede forças contra Poncho/Santi (PAR), às 15h50.

Na história do mundial sub-19 de vôlei de praia o Brasil conquistou sete medalhas de ouro (quatro no feminino e três no masculino) no torneio. A primeira edição foi na Grécia, em 2002, quando a competição ainda era Sub-18. Ian Borges e Pedro Solberg foram os vencedores. Em 2005, na França, Carol Aragão conquistou o outro título mundial, ao lado de Bárbara Seixas.

Em 2013, Duda e Tainá levaram o troféu em Portugal. No ano seguinte, novamente Duda, desta vez ao lado de Andressa, ficou com o ouro, assim como Arthur Lanci/George, fazendo a dobradinha também em terras lusitanas. Em Larnaka, no Chipre, em 2016, as duplas brasileiras também chegaram ao topo do pódio. No feminino Victória/Duda levaram o ouro, enquanto Renato/Rafael venceram no masculino.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Aplicativo CBV.
Baixe agora!

Baixe agora o Aplicativo Vôlei Brasil, faça seu cadastro e receba todas as novidades das competições, alertas dos seus jogos favoritos, além de assistir a vídeos ao vivo.

Baixe na Apple Store Baixe na Google Play
Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais