A CBV lamenta o falecimento do presidente da Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), Rafael Lloreda Currea.

Alison/Álvaro Filho e Ágatha/Duda avançam para as quartas em Cancún

25 DE ABRIL

Alison/Álvaro Filho e Ágatha/Duda avançam para as quartas em Cancún
Ágatha e Duda entraram em quadra três vezes neste sábado (Créditos: Getty Image/FIVB)

O sábado (24.04) foi bastante agitado nas areias em frente ao hotel Gran Oasis Cancun, em Cancun (MEX), com a disputa do segundo torneio do Hub Mexicano. Ao final do dia estavam definidos os confrontos das quartas de final de ambos os naipes da competição que integra o calendário do Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2021. O Brasil segue representado na busca por medalhas por Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e Ágatha/Duda (PR/SE).

As seis duplas brasileiras ainda presentes no campeonato realizaram 10 partidas – duas entre compatriotas. Alison e Álvaro Filho (ES/PB), que tiveram o melhor desempenho na fase de grupos entre os representantes do Brasil no torneio masculino, jogaram apenas uma vez. Classificados de forma direta para as oitavas, eles entraram em ação no início da noite, e venceram os russos Leshkov/Semenov por 2 sets a – parciais de 21/14, 18/21 e 22/20. Com o melhor resultado da dupla até agora no Circuito Mundial já assegurado, Álvaro Filho celebrou a vitória e a maneira que a dupla se comportou em quadra.

“Ontem o vento estava mais fraco, hoje atrapalhou mais. E como jogamos só uma vez, o time adversário estava mais adaptado. Foi um jogo decidido no detalhe, cada ponto foi muito importante. Este já é o nosso melhor resultado na temporada internacional, estamos pegando ritmo de jogo. Estamos evoluindo. Agora é recuperar para amanhã irmos mais longe”, contou Alvinho.

Nas quartas de final, neste domingo (25.04), Alison/Álvaro Filho enfrenta Varenhorst/Van de Velde (HOL), às 12h. A outra dupla do Brasil na chave masculina, André e George (ES/PB), entrou em quadra duas vezes neste sábado. Pela repescagem eles venceram Thole/Harms (ALE) por 2 sets a 1 (21/16, 20/22 e 15/7). No entanto, se despediram da competição nas oitavas de final ao serem superados pelos poloneses Losiak e Kantor por 2 sets a 0 (14/21 e 20/22).

Pelo torneio feminino o dia começou com quatro representantes brasileiras na competição, mas terminou com somente Ágatha e Duda (PR/SE) ainda na disputa. Elas, que foram bronze na etapa passada do Hub Mexicano, começaram cedo neste sábado jogando ainda pela fase de grupos, quando superadas por Hermannova/Slukova, da República Tcheca, por 2 sets a 0 (18/21 e 11/21). Com o resultado terminaram em segundo no grupo A e precisaram passar pela repescagem.

Nesta fase Ágatha e Duda levaram a melhor sobre as suíças Esmee Böbner e Zoe Vergé-Dépré por 2 sets a 0 (21/13 e 24/22). Já nas oitavas de final, no final da noite, a dupla que recentemente se sagrou campeã brasileira, enfrentou outro time do Brasil. Ágatha/Duda conseguiu um lugar nas quartas de final após passar por Talita/Taiana (AL/CE), time campeão do primeiro evento em Cancún, por 2 sets a 1 (15/21, 21/19 e 15/10). Neste domingo, às 16h, elas enfrentam Lena Plesiutschnig e Katharina Schutzenhofer, da Áustria, por um lugar na semifinal.

Outras duas parcerias brasileiras que estavam na competição se despediram ainda na repescagem. Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) ficou na segunda posição do grupo F após o revés contra Makroguzova/Kholomina (RUS) por 2 sets a 0 (21/23 e 17/21). Na rodada seguinte, Ana e Rebecca foram superadas pela tricampeã olímpica Kerri Walsh, e a parceira Brooke Sweat (EUA) por 2 sets a 1 (21/18, 14/21 e 20/22). Já Bárbara Seixas e Carol Solberg (RJ) começaram o dia com um confronto verde e amarela, onde Talita e Taiana ficaram com a vitória por 2 sets a 1 (17/21, 22/20 e 13/15), e a liderança do grupo E. No jogo a seguir, contra Bieneck/Schneider (ALE), valendo um lugar nas oitavas, as alemãs foram melhores e levaram o confronto por 2 sets a 1 (18/21, 21/15 e 11/15).

Todos os três torneios em Cancún contam pontos para a corrida mundial por vaga nos Jogos em Tóquio (JAP) e distribuirão aproximadamente 900 mil dólares (o equivalente a 5,1 milhões de reais) juntos. As duplas vencedoras somarão 800 pontos no ranking mundial. O primeiro torneio aconteceu entre 16 e 20 de abril. Para fechar, o terceiro evento acontece de 28 de abril até 02 de maio.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Aplicativo CBV.
Baixe agora!

Baixe agora o Aplicativo Vôlei Brasil, faça seu cadastro e receba todas as novidades das competições, alertas dos seus jogos favoritos, além de assistir a vídeos ao vivo.

Baixe na Apple Store Baixe na Google Play
Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais