ELEIÇÃO 2021 CBV CLIQUE AQUI E ACESSE OS DOCUMENTOS.

Novos talentos garantem vaga na fase de grupo após classificatório

19 DE NOVEMBRO

Novos talentos garantem vaga na fase de grupo após classificatório
Rita sobe na rede para atacar

O Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), recebe mais uma vez as principais duplas do vôlei de praia nacional. Nesta quinta-feira (19.11) teve início a quarta etapa feminina da temporada 20/21 do Circuito Brasileiro com a disputa de 16 partidas do qualifying, que garantiu vaga no torneio principal para oito duplas.

As classificadas foram Rita/Aninha (RJ/SE), Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS), Izabel/Teresa (PA/CE), Danni Neves/Thais (MS/RJ), Thainara/Carol (RN/PR), Tory/Ana Luiza (CE/SC), Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ) e Beatriz/Maria Fernanda (RJ).

O campeonato, que é realizado seguindo todos os protocolos de segurança sanitária, não conta com público presente, mas todas as partidas são transmitidas pelo Canal Vôlei de Praia TV (http://www.voleidepraiatv.cbv.com.br/) e pela página da CBV no Facebook.

A primeira parceria classificada foi Rita/Aninha (RJ/SE). Elas iniciaram a competição vencendo Mylena/Karol (RJ/SE) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/19). Depois, para garantir a vaga, vitória sobre Jéssica/Rafaela (PA) por 2 sets a 0 (23/21 e 21/16). Esta foi a primeira etapa da dupla que se formou logo após o término do último evento, há duas semanas. Rita destacou o fato de ambas serem defensoras.

“Esta foi a primeira vez jogando juntas, nós somos duas defensoras, e não tínhamos bloqueio. Mas conseguimos nos superar, entramos muito focadas nesse jogo. Acho que nossa união, nossa energia, nossa alegria dentro de quadra, comemorando e vibrando a cada ponto, que fez a diferença. Estou no meu lugar, era tudo que eu queria, estou aqui para isso. Meu foco era esse, e amanhã vamos com tudo”, disse Rita.

Outra dupla classificada foi Danni Neves/Thais (RJ), que, em razão do ranking, precisou entrar em quadra apenas uma vez, e venceu Alba e Gabi (BA/ES), por 2 sets a 0 (22/20 e 21/3), depois que Gabi se lesionou e desistiu de continuar o duelo. Natural de Cabo Frio (RJ), cidade da Região dos Lagos e que fica perto do CDV, Thaís comemorou a classificação jogando em “casa”.

“Para essa etapa eu tive a oportunidade de jogar do lado da Danni. Infelizmente a menina se machucou, mas o primeiro set foi muito jogado, conseguimos ganhar. Jogar em Saquarema é sensacional, passei minha adolescência quase toda aqui, nas categorias de base a gente morava mais aqui do que em casa. É gratificante demais voltar a jogar o torneio principal”, contou Thais.

A classificação para a chave principal teve um gosto especial para a paranaense Carol Cavalheiro. Ao lado da potiguar Thainara, elas conseguiram passar ao torneio principal pela primeira vez. Para tanto, venceram Mariana Abdalla/Nayanny (RJ/MA) por 2 sets a 1 (21/11, 17/21 e 15/12), e depois Fabrine/Sandressa (BA/AL), desta vez por 2 sets a 0 (24/22 e 21/18).

“É muito importante para mim, porque a Thainara se dispôs a ir treinar comigo lá em Maringá, passar um tempo lá, e é muito bom porque a gente fez tudo valer a pena. Não consegui acreditar no começo, mas depois a ficha caiu. Agora a gente vai para cima, porque o ‘não’ a gente já tem, vamos buscar o ‘sim’. A gente vai jogar contra duplas fortes, mas vamos dar o nosso melhor”, comentou Carol Cavalheiro.

A primeira vez na fase de grupos também chegou para Beatriz e Maria Fernanda (RJ). Na primeira rodada a dupla superou Ana/Caroline (SP) por 2 sets a 0 (21/15 e 21/6). Em seguida elas superaram Lucília/Alana (SP/RN) por 2 sets a 1 (20/22, 21/16 e 15/10). Juntas pela primeira vez em uma competição, Beatriz e Maria Fernanda tiveram bom entrosamento por serem parceiras de treino.

“Como é a primeira vez que a gente joga juntas, viemos sem pressão. A minha parceira original teve COVID-19, e não pôde vir, então eu chamei a Fernanda. Foi tudo muito às pressas, tudo muito corrido. A sorte é que consegui uma parceira muito à altura, a Fernanda treina comigo há muito tempo. A gente está sempre treinando juntas, mas nunca jogou juntas. A parceira dela é a Maria Clara Carvalhaes, elas não poderiam participar por pontos, acabou que eu tive que substituir, chamei a Fernanda e deu tudo certo”, explicou Beatriz.

Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS) garantiu a vaga ao vencer Rupia Inck/Carol Goerl (MG/RS) por 2 sets a 1 (20/22, 21/19 e 15/11). Izabel/Teresa (PA/CE) classificou ao levar a melhor sobre Cris/Paula Hoffmann (SP/RJ) por 2 sets a 0 (21/11 e 21/13). A dupla Flávia Moura e Bárbara Ferreira (RJ) passou de fase ao superar Fernanda/Mayara (BA/PR) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/14). Completa a lista de classificadas Tory/Ana Luiza (PR/SC), que venceu Giulia Gavio/Carol Ferraris (RJ) por 2 sets a 1 (19/21, 21/13 e 17/15).

Os times garantidos na fase principal do torneio pela posição no ranking de entradas são Ágatha/Duda (PR/SE), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Talita/Carolina Solberg (AL/RJ), Tainá/Juliana (SE/CE)*, Bárbara Seixas/Carol Horta (RJ/CE), Andressa/Vitoria (PB/RJ), Taiana/Paula Pequeno (CE/SP), Érica Freitas/Thati (MG/PB), Elize Maia/Thâmela (ES), Hegê/Ângela (CE/DF), Aline/Neide (SC/AL), Val/Vivian (RJ/PA), Solange/Verena (DF/CE), Cacá Richa/Fabrine (RJ/BA)**, Andrezza/Rosimeire Lima (PA/AL). A lista se completa com Rafaela/Jéssica (PA), que, mesmo sem conseguir a classificação por meio do qualifying, garantiram vaga no torneio principal pela vaga disponível após duas atletas testarem positivo para a COVID-19 ao chegarem no CDV. A dupla paraense era a de melhor ranking na sequência.

Após a disputa do feminino nesta semana, o quarto torneio masculino será disputado na sequência, alguns dias depois, entre 26 e 29 de novembro. As etapas foram divididas em semanas diferentes para reduzir a circulação de pessoas dentro do CDV, aumentando a segurança nos protocolos de prevenção ao coronavírus.

CONFRONTOS DA PRIMEIRA RODADA

Grupo A

Ágatha/Duda (PR/SE) x Beatriz/Fernanda (RJ) – 10h30

Val/Vivian (RJ/PA) x Solange/Verena (DF/CE) – 10h30

Grupo B

Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) x Rita/Aninha (RJ/SE) – 9h40

Aline/Neide (SC/AL) x Andrezza/Rosimeire Lima (AM/AL) – 10h30

Grupo C

Talita/Carol Solberg (AL/RJ) x Thainara/Carol Cavaleiro (RN/PR) – 9h40

Ângela/Hegê (DF/CE) x Jéssica/Rafaela (PA) – 9h40

Grupo D

Tainá/Juliana (SE/CE) x Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS) – 8h50

Elize Maia/Thâmela (ES) x Izabel/Teresa (PA/CE) – 8h50

Grupo E

Bárbara Seixas/Carol Horta (RJ/CE) x Danni Neves/Thais (MS/RJ) – 8h

Érica Freitas/Thati (MG/PB) x Fabrine/Cacá Richa (BA/RJ) – 8h

Grupo F

Andressa/Vitória (PB/RJ) x Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ) – 8h

Taiana/Paula Pequeno (CE/SP) x Tory/Ana Luiza (CE/SC) – 8h50

TABELA DE JOGOS

GALERIA DE FOTOS

*Tainá e Juliana jogarão juntas excepcionalmente nesta etapa em razão do resultado positivo para COVID-19 das respectivas parceiras – Victoria e Josi. Os resultados foram acusados no exame feito na chegada ao CDV. As atletas contaminadas já estão em quartos reservados e ficarão em isolamento e observação por 14 dias.

**A parceira de Cacá Richa, Juliana Simões, testou positivo para COVID-19 ao chegar no CDV. Portanto, Cacá Richa decidiu convidar Fabrine para a disputa da etapa.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Aplicativo CBV.
Baixe agora!

Baixe agora o Aplicativo Vôlei Brasil, faça seu cadastro e receba todas as novidades das competições, alertas dos seus jogos favoritos, além de assistir a vídeos ao vivo.

Baixe na Apple Store Baixe na Google Play
Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais