Três jogos movimentam a rodada de classificação nesta quarta-feira

Publicado em: 14/01/2020 12:22
?20200712073646
Sada Cruzeiro, líder do turno da Superliga, enfrenta o oitavo colocado, Vôlei UM Itapetininga, em casa (Créditos: Agênciai7/Sada Cruzeiro)

A rodada de classificação da Copa Brasil 2020, que credencia quatro times para as semifinais, contará com três jogos disputados nesta quarta-feira (15.01). Depois do confronto entre EMS Taubaté Funvic (SP) e Denk Academy Maringá Vôlei (PR), que acontecerá nesta terça-feira (14.01), os outros três serão amanhã entre Sada Cruzeiro (MG) x Vôlei UM Itapetininga (SP), Sesi-SP x Fiat/Minas (MG), e Sesc RJ x Vôlei Renata (SP).

Reunindo os oito times mais bem classificados no primeiro turno da Superliga 2019/2020, a Copa Brasil coloca os adversários se enfrentando em cruzamento olímpico, com os quatro primeiros tendo a vantagem de jogar em casa nesta primeira rodada.

Desta forma, o primeiro colocado, Sada Cruzeiro, receberá o Vôlei UM Itapetininga, que terminou o turno em oitavo, para a partida que acontecerá às 20h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), com transmissão ao vivo do Canal Vôlei Brasil (http://canalvoleibrasil.cbv.com.br).

Para o confronto, o central do time mineiro, Isac, confia no seu time para conseguir o resultado positivo e chegar a Jaraguá do Sul, onde vai acontecer a Fase Final da Copa Brasil, nos dias 24 e 25 deste mês.

“Depois de uma forte sequência de jogos da Superliga, agora temos mais um desafio em que a nossa atenção e o nosso foco precisam ser redobrados. Agora é mata-mata. É importantíssimo estarmos ligados desde o primeiro ponto do jogo, porque sabemos que do outro lado da quadra também estarão jogadores buscando a vitória. Então cabe a nós fazer a nossa parte”, afirmou Isac.

Pelo Vôlei UM Itapetininga, o técnico Pedro Uehara, o Peu, destaca a importância da competição para o seu jovem grupo.

“A Copa Brasil para a nossa equipe é um teste muito importante por ser um jogo eliminatório. É bom viver essa pressão, essa responsabilidade. A nossa equipe é muito jovem, jogando contra um grande time como o Sada Cruzeiro, que conta com jogadores extremamente capacitados. É um time que saca muito forte, tem um ataque rápido, mas treinamos muito bem e estamos viajando para Contagem com força máxima para buscar fazer uma grande partida”, disse Peu.

O duelo entre Sesi-SP e Fiat/Minas, de terceiro contra sexto, acontecerá às 19h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), também com transmissão do Canal Vôlei Brasil (http://canalvoleibrasil.cbv.com.br). O técnico Rubinho demonstra preocupação com o adversário.

“É como uma final de campeonato. A Copa Brasil é uma competição importante, que valorizamos muito. A equipe do Fiat/Minas é bastante qualificada, une poder físico com boa qualidade técnica. É um adversário duro, contra quem teremos que fazer uma partida muito forte, qualificada e consistente, para passarmos para a Fase Final”, comentou Rubinho.

Do lado do Fiat/Minas, o técnico Nery Tambeiro sabe que terá um adversário difícil pela frente, mas destaca o valor da juventude do seu time.

“A equipe do Minas está chegando no seu melhor agora. Recebemos alguns atletas sem ritmo de jogo e tivemos mudanças no elenco. Fazer essa engrenagem funcionar levou um certo tempo. O Sesi-SP tem jogadores diferenciados, experientes, que podem nesse momento de decisão fazer a balança pesar mais para o lado deles. Mas, por outro lado, o Fiat/Minas tem alguns jovens que estão com muita vontade de conquistar espaço. Sempre entramos em quadra para buscar a vitória”, afirmou Tambeiro.

Sesc RJ e Vôlei Renata se enfrentam às 20h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), no confronto teoricamente mais equilibrado desta fase da Copa Brasil: quarto contra quinto colocados.

O técnico do Vôlei Renata, Horacio Dileo, chamou atenção para o fato do seu time jogar a Copa Brasil nesta quarta, contra o Sesc RJ, e a Superliga no sábado (18.01), contra a Apan Blumenau (SP), e afirmou que é necessário estar pronto para os dois desafios.

“Jogo eliminatório, muito difícil, contra um time que tem jogadores de seleção, mas temos que focar no nosso jogo, no jeito que jogamos, e fazer nosso melhor. É uma semana difícil de planejar, pois são dois jogos absolutamente diferentes, times totalmente distintos e duas competições, então, temos que ter claro isso e jogar cada jogo do jeito que tem que ser jogado, com 100% de intensidade e comprometimento para que façamos o melhor”, afirmou Dileo.

O capitão do Sesc RJ, Marlon, faz questão de destacar a importância da partida desta quarta-feira. Segundo o levantador, estar na Fase Final da Copa Brasil é um dos objetivos do time carioca.

“Esse é um jogo de extrema importância dentro do nosso planejamento porque a classificação é uma meta que estipulamos para a equipe. Obviamente é um jogo que gera muitas expectativas e para nós é a confirmação que estamos num padrão ideal de jogo, dentro do que foi programado na evolução da equipe. Estamos muto confiantes, preparados, e a expectativa é altíssima. Queremos demais essa classificação”, concluiu Marlon.

A Copa Brasil voltou a ser disputada em 2014, e esta será a sétima edição seguida. Na última edição, os campeões foram Itambé/Minas (MG) no feminino, e Sada Cruzeiro (MG) no masculino. Em 2020, a Copa Brasil feminina terá a fase classificatória realizada no dia 21 e a fase final nos dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro.

TABELA

Fase classificatória

15.01 (QUARTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) x Vôlei UM Itapetininga (SP), às 20h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG)

14.01 (TERÇA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) x Denk Academy Maringá Vôlei (PR), às 20h, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP)

15.01 (QUARTA-FEIRA) – Sesi-SP x Fiat/Minas (MG), às 19h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)

15.01 (QUARTA-FEIRA) – Sesc RJ x Vôlei Renata (SP), às 20h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ)

Semifinal

24.01 (SEXTA-FEIRA) – Vencedor do jogo 1º x 8º x Vencedor do jogo 4º x 5º, às 19h30, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC) – SPORTV 2

24.01 (SEXTA-FEIRA) – Vencedor do jogo 2º x 7º x Vencedor do jogo 3º x 6º, às 21h30, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC) – SPORTV 2

Final

25.01 (SÁBADO) – Vencedor do jogo 5 x Vencedor do jogo 6, às 20h30, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC) – SPORTV 2

TODOS OS CAMPEÕES DA COPA BRASIL:

FEMININO:

2007 - Rexona-Ades (RJ), em Brusque (SC)
2008 - Finasa/Osasco (SP), em Curitiba (PR)
2014 - Molico/Nestlé (SP), em Maringá (PR)
2015 - E.C Pinheiros (SP), em Cuiabá (MT)
2016 - Sesc-RJ, em Campinas (SP)
2017 - Sesc-RJ, em Campinas (SP)
2018 - Vôlei Nestlé, em Lages (SC)
2019 – Itambé/Minas, em Gramado (RS)

MASCULINO:

2007 – Cimed EC (SC), em Joinville (SC)
2014 - Sada Cruzeiro (MG), em Maringá (PR)
2015 - EMS Taubaté Funvic (SP), em Campinas (SP)
2016 - Sada Cruzeiro (MG), em Campinas (SP)
2017 - EMS Taubaté Funvic (SP), em Campinas (SP)
2018 - Sada Cruzeiro (MG), em São Paulo (SP)
2019 – Sada Cruzeiro (MG), em Lages (SC)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais