Duda é eleita melhor jogadora ofensiva pelo segundo ano seguido

Publicado em: 10/12/2019 14:02
?20200402043557
Duda foi eleita melhor jogadora ofensiva da temporada 2019 do tour internacional (Créditos: Divulgação/FIVB)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 10.12.2019

A sergipana Duda, que faz dupla com a paranaense Ágatha e está classificada aos Jogos Olímpicos de 2020, foi eleita a melhor jogadora ofensiva do Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. A premiação foi divulgada nesta terça-feira (10.12) pela Federação Internacional de Voleibol (Fivb), em votação realizada entre os próprios atletas e treinadores que participam da disputa internacional ao longo da temporada.

Duda venceu a categoria de melhor jogadora ofensiva pelo segundo ano seguido. Em 2018, ela também foi eleita melhor jogadora do Circuito Mundial e dona do melhor ataque. Nesta temporada, porém, a Fivb está divulgando as premiações ao longo de toda semana, com o balanço final sendo conhecido somente no domingo (15.12). Duda celebrou a conquista.

“É sempre uma felicidade receber um prêmio, ser reconhecida. Ser eleita a melhor atacante pelo segundo ano consecutivo é a prova de que todo o trabalho feito está valendo a pena. Eu amo defender e contra-atacar. É muito gostoso você se esforçar para defender uma bola e depois conseguir o ponto no contra-ataque. Sou defensora, mas amo demais 'virar bola'. Acho que por essa vontade que tenho em atacar, consegui melhorar cada dia mais neste fundamento, é um trabalho muito bem feito pela minha comissão técnica”, destacou.

Com apenas 21 anos, Duda já soma cinco premiações individuais do Circuito Mundial. Além das honrarias conquistadas em 2018 e 2019 (veja todas abaixo), ela já havia sido escolhida a novata da temporada em 2016.

A dupla Ágatha/Duda (SE/PR) venceu 47 dos 64 jogos que disputou na temporada 2019 do Circuito Mundial, com um aproveitamento de 73,4%, garantindo uma das vagas aos Jogos Olímpicos de 2020 - a outra vaga ficou com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE). Elas conquistaram dois ouros, nas etapas de Ostrava (República Tcheca) e Tóquio (Japão), uma prata na etapa de Roma (Itália) e dois bronzes, em Viena (Áustria) e Varsóvia (Polônia). 

O Brasil é o país com maior número de premiações individuais de pós-temporada: 120 com a categoria vencida por Duda nesta terça-feira. Ao todo, 23 atletas diferentes já receberam alguma premiação. Ainda nesta semana serão divulgadas as seguintes categorias: melhor jogadora da temporada, melhor saque, melhor levantamento, melhor defesa, melhor bloqueio e jogadora mais divertida do tour.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais