No embalo dos aces, Evandro/André reeditam final com Álvaro/Saymon em Maceió

Revanche

18 de fevereiro de 2017

Aces de Evandro (de azul) levaram a dupla à final

(Daniel Zappe/MPIX/CBV)

A torcida pedia e Evandro atendia. O carioca de 2,10m brilhou com aces e, junto do parceiro André Stein (ES), avançou à final da etapa de Maceió (AL) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia. A disputa pelo ouro, marcada para 11h (de Brasília) deste domingo (19.02), será contra Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), em uma reedição da decisão da etapa de Fort Lauderdale (EUA) do Circuito Mundial 2017, no último domingo. 

A decisão da sétima etapa da temporada 2016/2017 terá transmissão ao vivo do SporTV 2, além de entrada franca aos torcedores na arena montada na Praia da Pajuçara. Uma hora antes da final, acontece a disputa da medalha de bronze do torneio masculino, com Pedro Solberg/Guto (RJ) enfrentando Oscar e Hevaldo (RJ/CE). 

Evandro e André superaram Pedro Solberg e Guto na semifinal ao vencerem por 2 sets a 1 (25/23, 19/21, 14/16). O carioca brilhou com um ace e um ponto de saque quando a dupla perdia por dois pontos no tie-break . Evandro destacou as virtudes da dupla, que venceu duas vezes os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt em Maceió.

"Fomos muito parceiros, muito unidos. Eu estive mal em alguns momentos, o André em outros, mas sempre demos a mão. Nunca deixamos de acreditar. Acredito que esse foi o segredo da nossa boa campanha. Os saques são algo que treino muito, um trabalho intenso. Quando erro, fico ‘maluco’, felizmente eles entraram, e entraram na hora certa", disse Evandro, que também destacou o apoio da torcida.

"Adoro jogar em Maceió, passei férias e acho um dos lugares mais lindos do Brasil. O apoio da torcida foi muito bacana, se pudesse, colocaria aquela mesma galera pedindo ace na final. Sabemos que temos um grande time pela frente, vamos descansar e nos preparar".

Alvinho e Saymon (PB/MS) avançaram à final após superarem Oscar e Hevaldo (RJ/CE) na semi, vencendo de virada: 2 sets a 1 (21/16, 12/21, 13/15), em 1h05. O paraibano analisou o desempenho do time no tour, chegando pela sexta vez à final em sete etapas.

"São sete etapas entre os semifinalistas do Brasileiro, além do título nos Estados Unidos, então ficamos muito felizes de ver esse trabalho dando resultado. Só tenho a agradecer toda nossa comissão técnica, nossos familiares, que nos apoiam. Todos os envolvidos. Agora vamos descansar e nos recuperarmos para amanhã", disse Alvinho, que completou.

"Oscar e Hevaldo são um time muito bom, combinam várias qualidades. São excelentes levantadores, excelentes passadores, proporcionam grande volume de jogo. É um time muito versátil, nunca é fácil jogar contra eles, mas o Saymon ajudou demais com ótimos bloqueios".

Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas.

A temporada do Circuito Brasileiro Open 2016/2017 começou em setembro do ano passado, e Maceió (AL) será a sétima parada dos nove eventos programados. As próximas cidades que receberão o tour nacional em 2017 serão Aracaju (SE), em março, e Vitória (ES), em abril.

VEJA A GALERIA DE FOTOS 

http://voleidepraia.cbv.com.br/galeria/1803/maceio-al—18.02.2017—semifinais-circuito-brasileiro

VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO TORNEIO MASCULINO:
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=21&sexo=m

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro