Leal, o cubano brasileiro

Em casa

10 de abril de 2016

Em sua quarta edição de Superliga, o ponteiro do Sada Cruzeiro (MG), Leal, comemorou três títulos. Foi melhor atacante nas duas primeiras e melhor jogador da final nas duas últimas. São, certamente, ótimos motivos para comemorar. Mas, desta vez, foi mais especial. Afinal, Leal comemorou um título em casa. A naturalização do cubano veio neste ano de 2016 e, agora, já com passaporte brasileiro, o ponteiro festejou no seu novo país.

“Nosso time treinou muito bem durante toda essa temporada, tínhamos como principal objetivo, obviamente, ganhar o campeonato e estou muito feliz por ter conseguido isso. É um momento especial, sem dúvida”, afirmou Leal, que ainda comentou sobre a difícil partida encarada pelo seu time neste domingo.

“O primeiro set foi muito equilibrado, mas na reta final nós relaxamos e, em uma final, isso não pode acontecer. O segundo set também foi muito difícil para o nosso time, mas conseguimos ganhar e crescemos muito na partida. Contamos com o apoio da torcida, que viajou 10 horas para torcer pelo nosso time e isso ajudou muito”, concluiu Leal.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro