Fortaleza recebe última etapa da temporada com atletas de olho no Superpraia

Disputa acirrada

18 de abril de 2016

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 18.04.2016

O estado do Ceará é famoso por ser um celeiro de craques do vôlei de praia. De lá saíram lendas como Shelda, Franco, Roberto Lopes, Márcio Araújo e diversos outros nomes de peso. E a capital Fortaleza será também a capital da modalidade a partir desta terça-feira (19.04), quando se inicia a última etapa do Circuito Banco do Brasil Nacional 2015/2016. Os jogos ocorrem na Praia do Futuro, na Praça 31 de Março, com entrada franca à torcida.

O Circuito Banco do Brasil Nacional será o primeiro de uma série de três torneios na cidade. Será a oitava e última etapa da competição na temporada 2015/2016. Na sequência, também na Praia do Futuro, ocorrem as etapas do Circuito Brasileiro e do Circuito Mundial. Além de abrir a maratona de vôlei de praia na cidade, a etapa também marca a última chance para que duplas consigam pontos para a disputa do Superpraia, que será realizado em João Pessoa (PB), de 6 a 8 de maio, encerrando a temporada.

O Superpraia é formado pelas 14 melhores duplas do ranking geral da temporada, além de dois convites, e possui premiação especial. Com isso, a etapa de Fortaleza será a chance de equipes melhorarem a posição e conseguirem uma vaga no torneio.

O nível também é alto, com a presença de um atleta olímpico (Benjamin, nono colocado nos Jogos Olímpicos de Atenas), além da campeã pan-americana Andréa Teixeira, ouro em 1999 jogando pela seleção feminina de quadra.

Serão 12 times em cada naipe na capital cearense, oito classificados direto à fase de grupos pela pontuação no ranking de entradas, além de outras quatro duplas definidas na disputa do qualificatório, que acontece nesta terça-feira (19.04), em jogos eliminatórios diretos.

Já estão garantidos no naipe masculino Gilmário/Daniel Lazzari (PB/SC), Averaldo/Fábio (TO/CE), Daniel Souza/Benjamin (RJ/MS), Vinícius/Allison (ES/SC), Ferramenta/Guto (RJ/SP), Luizão/Lipe (AM/CE), Marcus Borlini/Eder (ES), Álvaro Andrade/Ralph Cabral (SE/RJ). Outros 31 times disputam as últimas quatro vagas no qualificatório.

As oito já classificadas no feminino são Bruna/Semírames (PB/SP), Izabel/Camila (PA/RJ), Sandressa/Victoria (AL/MS), Andréa Teixeira/Leize (SC), Fernanda Nunes/Solange (RJ/DF), Eunyce/Bárbara Ferreira (BA), Aline/Mayana (BA/TO), Juliana Simões/Paula Hoffmann (PR/RJ). As últimas quatro vagas serão disputadas por outras 22 duplas no qualificatório.

As equipes serão divididas em três grupos com quatro times e jogam dentro da chave, com os oito melhores (primeiro e segundos, além de dois terceiros colocados) avançando às quartas de final. Todos estes jogos ocorrem na quarta-feira (20.04). Na quinta (21.04) são disputadas as partidas das semifinais, disputas de bronze e finais dos dois naipes.

Apesar de não garantir classificação direta ao Circuito Brasileiro Open, as duplas campeãs de uma etapa do Nacional fazem mais pontos (260) do que o quinto colocado de uma etapa Open (240). Com isso, a tendência é que ao longo do ano ocorram diversas trocas de posições entre duplas de ambos os circuitos, aumentando a importância das duas competições.

SERVIÇO – CIRCUITO BANCO DO BRASIL NACIONAL
Quando: De terça (19.04) a quinta-feira (21.04)
Onde: Praia do Futuro, altura da Praça 31 de Março
Horário: Das 8h30 às 18h
Entrada Franca