Fê Berti ganha vaga às quartas de final no aniversário; Ágatha/Duda também avança

na Polônia

29 de junho de 2018

Fernanda Berti (dir) comemorou aniversário com vaga nas quartas

(Divulgação/FIVB)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 29.06.2018

O Brasil avançou com duas duplas às quartas de final do torneio feminino da etapa quatro estrelas de Varsóvia, na Polônia, pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2018. Fernanda Berti (RJ), comemorando 33 anos, ganhou a vaga de presente ao vencer, junto de Bárbara Seixas (RJ), duelo das oitavas de final nesta sexta-feira (29.06). Ágatha e Duda (PR/SE) também venceram e avançaram na competição europeia.

Neste sábado (30.06), ocorrem as partidas das oitavas, quartas e semifinais do naipe masculino, além de quartas e semifinais do naipe feminino. Outras quatro duplas brasileiras acabaram se despedindo do torneio nesta sexta: Carolina Solberg/Maria Elisa (RJ) e Josi/Lili (SC/ES) no feminino, e Álvaro Filho/Saymon (PB/MS) e Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF) no masculino.

Fernanda Berti e Bárbara Seixas, que avançaram em primeiro na chave, direto às oitavas de final, superaram nesta sexta-feira as alemãs Bieneck/Schneider por 2 sets a 1 (24/22, 18/21, 15/12), em 55 minutos. Elas encaram nas quartas de final as também alemãs Laboureur/Sude, neste sábado, às 6h30 (de Brasília). Fernanda comentou o triunfo no dia do aniversário.

“Estou muito feliz por nosso time conquistar essa vaga. Já é quase rotina passar o aniversário em quadra. Aconteceu no Campeonato Mundial, na Holanda, quando a torcida cantou parabéns. São várias etapas já. Mas o mais importante foi termos mantido o foco, a tranquilidade no tie-break. Os times da Alemanha são muito fortes e sabíamos da necessidade de jogar em alto nível. Vamos descansar e nos preparar para o próximo passo, sempre jogo a jogo”, declarou a bloqueadora campeã de duas etapas do Circuito neste ano.

Ágatha e Duda também avançaram, superando as donas da casa Kolosinska/Kociolek. A vitória sobre as polonesas por 2 sets a 0 (21/15, 21/18), em 31 minutos, colocou as brasileiras nas quartas de final, onde encaram as norte-americanas Kerri Walsh Jennings, tricampeã olímpica, e sua parceira Nicole Branagh. O duelo ocorre neste sábado, às 6h30 (de Brasília). Ágatha comentou o bom começo na Polônia e a evolução da dupla.

"Desde a etapa de Itapema, estamos em um momento de evolução, acredito que subimos um nível em consciência. maturidade do time. Isso é positivo, temos feito bons torneios. Jogamos pela primeira vez na quadra central nesta sexta, foi surpreendente porque, apesar de enfrentarmos a dupla da casa, também tínhamos torcida. Talvez seja pelo meu sobrenome, não é a primeira vez que acontece, mas é muito bom sair do país e notar que temos torcida em outros continentes, é algo que nos motiva muito. Estamos focadas e vamos seguir em busca de bons resultados".

Carol Solberg e Maria Elisa (RJ) acabaram eliminadas nas oitavas de final ao desistirem do duelo contra as norte-americanas Walsh e Branagh. Carol sofreu uma entorse no tornozelo e não conseguiu seguir no segundo set da partida. Josi e Lili (SC), que mais cedo venceram pela fase de grupos e repescagem, acabaram superadas nas oitavas pelas tchecas Hermannova/Slukova por 2 sets a 0 (21/13, 21/11), em 28 minutos.

Masculino
O dia foi de eliminações para dois times brasileiros do naipe masculino em Varsóvia. Álvaro Filho e Saymon (PB/MS) foram superados pelos chilenos Marco e Esteban Grimalt por 2 sets a 0 (21/14, 21/19), caindo na fase de grupos do torneio. Já Pedro Solberg e Bruno Schmidt (RJ/DF) acabaram eliminados na disputa da repescagem, em 17º, ao serem superados pelos noruegueses Mol e Sorum por 2 sets a 0 (21/15, 21/8).

Alison e André Stein (ES) já estavam garantidos nas oitavas de final e encaram os cubanos Nivaldo/Gonzalez na madrugada deste sábado, às 3h30 (de Brasília). Evandro e Vitor Felipe (RJ/PB), que também já estavam classificados, enfrentam os noruegueses Mol e Sorum no mesmo horário. Quartas e semifinais também serão no mesmo dia.

O Circuito Mundial retorna à Polônia pela 15ª temporada consecutiva, tendo recebido 31 eventos anteriores, incluindo dois eventos somente para mulheres em Varsóvia durante as temporadas de 2006, quando as chinesas Tian e Wang venceram, e em 2007, quando as medalhistas olímpicas Juliana e Larissa foram campeãs.

Varsóvia é a sexta etapa do nível quatro estrelas de oito em disputa na temporada 2018. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. O campeonato na Polônia rende 800 pontos aos campeões, além de uma premiação de cerca de R$ 75 mil.

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://worldtour.2018.fivb.com/en/587/schedule

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
http://worldtour.2018.fivb.com/en/wpol2018/women/photos

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro