Em tarde de homenagens, Vôlei Nestlé vence Camponesa/Minas

#ForçaChape

3 de dezembro de 2016

Vôlei Nestlé com a faixa em apoio às vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense

(João Pires/Fotojump)

O Vôlei Nestlé (SP) encerrou com vitória uma rodada marcada por homenagens às vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense. Diante de mais de 1.000 torcedores vestidos com as cores verde e branco, a equipe de Osasco (SP) venceu, neste sábado (03.12) o Camponesa/Minas (MG) por 3 sets a 0 (25/16, 25/11 e 25/20), em 1h27 de jogo, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). O jogo teve um minuto de silêncio e faixas de apoio aos envolvidos na tragédia. A partida foi válida pela sétima rodada do turno da Superliga feminina 16/17. 

O resultado colocou a equipe de Osasco em terceiro lugar na classificação geral, com 18 pontos (seis vitórias e uma derrota). O Camponesa/Minas está em sétimo lugar, com oito pontos (três resultados positivos e quatro negativos). O Rexona-Sesc é o líder com 21 pontos (sete vitórias). 

A líbero Camila Brait se destacou, foi eleita a melhor em quadra em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da CBV que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. A líbero fez uma análise da atuação da equipe de Osasco. 

"A gente vinha buscando uma evolução e hoje tudo funcionou da melhor maneira possível. Essa semana trabalhamos muito e conseguimos transferir o bom desempenho dos treinos para o jogo. A nossa virada de bola funcionou, passe e defesa também foram eficientes, mas o diferencial desta partida foi o saque, que foi bem agressivo e quebrou a recepção delas", disse Camila Brait. 

A oposta Paula também se destacou e foi a maior pontuadora do confronto, com 17 pontos. A central Saraelen, com 13 acertos, também pontuou bem pelo time do treinador Luizomar de Moura. 

As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira (09.12). O Camponesa/Minas viajará até o Rio de Janeiro para duelar com o Fluminense (RJ), às 20h, no ginásio do Hebraica. O Vôlei Nestlé terá pela frente o Dentil/Praia Clube (MG), às 21h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). 

O JOGO

O Vôlei Nestlé começou melhor e fez 2/0. Com um ataque rápido da central Saraelen o time da casa fez 8/6. Quando a equipe de Osasco fez 9/6, o treinador Paulo Coco pediu tempo. O Camponesa/Minas cresceu de produção e virou o marcador (11/10). O jogo ficou disputado ponto a ponto. Com um ponto de saque da oposta Paula, o Vôlei Nestlé abriu três (15/12). O Vôlei Nestlé dominou a parte final da parcial e levou a melhor no primeiro set por 25/16. 

O Vôlei Nestlé seguiu melhor no início do segundo set e fez 6/4. O saque das donas da casa dificultava a recepção das mineiras e foi com um ponto desse fundamento que o Vôlei Nestlé abriu seis pontos (11/5). Se aproveitando dos erros das visitantes, o time de Osasco não deu chances para o Camponesa/Minas até o final da parcial e venceu o segundo set por 25/11. 

A terceira parcial começou equilibrada. Com um ponto de ataque da central Saraelen, o Vôlei Nestlé abriu três pontos (11/8). A equipe de Osasco segurou uma reação do Camponesa/Minas no final da parcial e venceu o terceiro set por 25/20 e o jogo por 3 sets a 0. 

EQUIPES:

Vôlei Nestlé – Dani Lins, Paula, Tandara, Malesevic, Bia e Saraelen. Líbero – Camila Brait 
Entraram – Carol Albuquerque, Gabi, Clarisse e Bjelica
Técnico – Luizomar de Moura 

Camponesa/Minas – Naiane, Mara, Rosamaria, Pri Daroit, Carol Gattaz e Fran. Líbero – Léia 
Entraram – Karine, Renata, Natália, Domingas e Karolina 
Técnico – Paulo Coco 

SUPERLIGA FEMININA 16/17
7ª RODADA TURNO

30.11 (QUARTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 0 x 3 Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) (21/25, 21/25 e 16/25), às 19h, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) – SporTV  
02.12 (SEXTA-FEIRA) – Sesi-SP 3 x 1 Renata Valinhos/Country (SP) (22/25, 25/12, 25/23 e 25/20), às 19h, no ginásio do Sesi, em Santo André (SP) 
02.12 (SEXTA-FEIRA) – São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) 0 x 3 Fluminense (RJ) (16/25, 22/25 e 30/32), às 19h30, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP) 
02.12 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 2 x 3 Genter Vôlei Bauru (SP) (25/22, 25/18, 20/25, 22/25 e 10/15), às 19h30, no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP)
02.12 (SEXTA-FEIRA) – Rio do Sul (SC) 0 x 3 Rexona-Sesc (RJ) (16/25, 15/25 e 12/25), às 20h15, no Jones Minosso, em Lages (SC) 
03.12 (SÁBADO) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 0 Camponesa/Minas (MG) (25/16, 25/11 e 25/20), às 14h10, no José Liberatti, em Osasco (SP) – RedeTV 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro