Em jogo equilibrado, Sesi Bauru vence São Cristóvão Saúde/São Caetano

Definição no tie break

16 de dezembro de 2018

Sesi Vôlei Bauru venceu na casa do adversário neste domingo

(Osvaldo F./Contrapé)

No último jogo da oitava rodada do turno da Superliga Cimed feminina de vôlei 18/19, São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) e Sesi Vôlei Bauru (SP) fizeram um duelo bastante disputado no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP). No final, melhor para o time do interior de São Paulo, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 15/25, 19/25, 25/14 e 15/08) na noite deste domingo (16.12).

Após a partida, a comissão técnica do Sesi Vôlei Bauru optou por premiar a ponteira Gabriela Cândido como a melhor da partida. Gabi recebeu o Troféu VivaVôlei e o técnico Anderson ressaltou a importância do resultado positivo conquistado neste domingo, mas chamou atenção para um ponto que precisa ser trabalhado.

“O nosso time está de parabéns pela vitória e por ter pontuado, porém é preciso ressaltar que alternamos bons e maus momentos durante a partida e tivemos um desempenho irregular. Precisamos trabalhar para mantermos a regularidade ao longo dos jogos”, analisou o técnico do Sesi Vôlei Bauru, Anderson Rodrigues.

Apesar do resultado negativo, o técnico do São Cristóvão Saúde/São Caetano, Antônio Rizola, fez questão de destacar o valor de uma partida equilibrada contra um time, segundo ele, mais forte do que o seu.

“Acho que fizemos um jogo excepcional nos três primeiros sets – poderíamos ter ganho o jogo por 3 a 0. Viraram o primeiro set na força do saque e a partir do terceiro set passaram a sacar muito forte também. Criamos uma chance contra um adversário como eles, que tem um elenco maior e mais forte. Nós enfrentamos de igual para igual, com todos os problemas que tivemos. A Fernanda Tomé teve uma contratura na dorsal e jogou mancando, a Sonaly torceu o pé (foi uma torção mais forte do que a que a Fe Isis sofreu em Brasília). Eu não podia deixar na mão das juvenis como a Duda e a Karina", analisou Rizola.

Na nona rodada, e última do ano de 2018, o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) irá enfrentar o E.C. Pinheiros (SP) na casa do adversário na sexta-feira (21.12), enquanto o Sesi Vôlei Bauru voltará a jogar em casa, no mesmo dia, contra o Balneário Camboriú (SC), com transmissão ao vivo do Canal Vôlei Brasil (http://canalvoleibrasil.cbv.com.br).

SUPERLIGA CIMED FEMININA

OITAVA RODADA DO TURNO

04.12 (TERÇA-FEIRA) – BRB/Brasília Vôlei (DF) 3 x 0 Pinheiros (SP), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) – (25/20, 25/23 e 25/16)

14.12 (SEXTA-FEIRA) – Sesc RJ 3 x 0 Osasco-Audax (SP), às 20h, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (25/19, 25/23 e 25/12)

14.12 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 Hinode Barueri (SP), às 19h, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) (25/22, 25/20 e 25/22)

14.12 (SEXTA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 3 x 0 Fluminense (RJ), às 20h, no Univ. Positivo, em Curitiba (PR) (25/21, 25/14 e 34/32)

16.12 (DOMINGO) – São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) 2 x 3 Sesi Vôlei Bauru (SP), às 18h, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP) (24/26, 25/15, 25/19, 14/25 e 08/15)

15.12 (SÁBADO) – Balneário Camboriú (SC) 0 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 20h, no Multieventos Hamilton L. Cruz, em Balneário Camboriú (SC) (11/25, 12/25 e 20/25)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro