Duplas convocadas para o Mundial sub-21 disputam o Challenger de Saquarema antes do embarque para a Tailândia

Disputa em Itaúna

25 de outubro de 2023

Duplas convocadas para o Mundial sub-21 disputam o Challenger em Saquarema

(Rodrigo Silva)

Saquarema (RJ) recebe nesta semana, a partir desta quinta-feira (26.10), a terceira etapa Challenger de vôlei de praia. A competição é uma nova oportunidade para as duplas que disputam o Circuito Brasileiro de incrementar a pontuação no ranking de entradas. Serão 64 duplas (32 de cada gênero), em busca de medalhas. Nesta lista estão Pedro/Henrique, Dudu/Isac, Carol Sallaberry/Larissa e Bia/Geovannia, convocados para representar o Brasil no Mundial sub-21, que acontece em novembro na Tailândia. Para as quatro parcerias a disputa do torneio serve como oportunidade para os últimos ajustes antes do embarque.

Guilherme Marques, gerente de vôlei de praia da CBV: “A participação de nossas duplas convocadas para o Mundial sub-2 no Challenger em Saquarema na reta final da preparação é o cenário perfeito. Os eventos do vôlei de praia brasileiro têm um nível de competição alto, o que será um bom teste para colocarem em prática o que treinaram. E ainda há o fator logístico que nos beneficia, já que a competição acontece na mesma cidade do nosso centro de treinamento”.

Caio Lopes, técnico das duplas masculinas sub-21 do Brasil: “Esta será uma oportunidade incrível para os nossos atletas. Estamos na reta final de preparação para o Mundial e disputar uma competição de alto nível como o Challenger é importante para colocar os atletas à prova, fazermos avaliações e os ajustes finais na nossa busca por uma medalha para o Brasil” – Caio Lopes, técnico das duplas masculinas

Marcelo Carvalhaes, técnicos das duplas femininas sub-21 do Brasil: “Foi muito bom para o nosso planejamento duas competições importantes acontecerem tão perto da gente. Na etapa passada, em Maricá, Beatriz e Giovannia passaram para a fase de grupos. E nossa intenção é justamente colocar as nossas duplas para competirem contra adversárias de bom nível, bloqueio alto, situações que elas encontrarão no Mundial. O ritmo de jogo adquirido nesta competição, a experiência, é o que buscamos, algo fundamental para nossa preparação”.

Henrique, convocado para jogar ao lado de Pedro no Mundial sub-21: “É uma competição de grande importância, uma etapa de alto nível, que nos ajuda a ganhar ritmo de jogo. Eu e o Pedro não rodamos o brasileiro juntos, e apesar de estarmos treinando muito forte, ter essa vivência de competição é de grande valia. Construir cada ponto, cada jogo, é muito importante para este momento antes do Mundial. Vamos com todo o gás para esta etapa em Saquarema”.

Carol Salaberry, convocada para jogar ao lado de Larissa no Mundial sub-21: “Esta é a última competição que teremos antes de embarcarmos para o Mundial sub-21, então tem grande importância para ajustarmos detalhes, vermos o que precisamos melhorar para representar bem o Brasil na Tailândia. Estamos um pouco ansiosas, mas confiantes de que será uma disputa fundamental para nossa preparação”.

No Challenger são 16 duplas de cada gênero no torneio principal, oito já estão classificados pelo ranking, e as demais vagas serão preenchidas pelo qualifying que contará com mais 24 duplas. Além do título, os atletas terão a oportunidade melhorar a pontuação do ranking de entradas, que define se a dupla disputa o qualifying ou o torneio principal das etapas TOP12 e Aberto do Circuito Brasileiro. Ao final do evento em Saquarema a pontuação obtida será comparada com a da etapa de Fortaleza, se for maior, substitui a anterior.

CALENDÁRIO CHALLENGER 2023

Miguel Pereira (RJ) 

Ouro – Felipe Cavazin/Gabriel Zuliani e Talita Simonetti/Josi Alves
Prata – Gabriel Santiago/Felipe Alves e Talita/Thâmela
Bronze – Felipe Miranda/Moisés e Verena/Kyce

Maricá (RJ)

Ouro – Arthur/Adrielson e Talita/Thâmela
Prata – Léo Vieira/Mateuszihno e Carol Horta/Ana Luiza
Bronze – Vinícius/Heitor e Verena/Kyce

Saquarema (RJ) – 26/10 a 29/10

PROGRAMAÇÃO DO CHALLENGER DE MARICÁ

26/10 (QUINTA-FEIRA) – Qualifying – 9h às 16h

27/10 (SEXTA-FEIRA) – Fase de grupos – 9h às 16h

28/10 (SÁBADO) – Oitavas de final e quartas de final – 9h às 16h

29/10 (DOMINGO) – Semifinais, disputas pelo bronze e finais – 8h às 13h

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro