Duda/Ana Patricia e André/George vencem e estão nas semifinais do vôlei de praia nos Pan-Americano

Brasil nas semis

25 de outubro de 2023

Ana Patricia e Duda venceram com tranquilidade e estão nas semifinais

(Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV)

Entrevista em vídeo de Duda/Ana Patricia e André/George

O Brasil está nas semifinais do vôlei de praia dos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile. Duda e Ana Patrícia passaram das quartas de final com mais uma vitória tranquila por 2 sets a 0 contra Allcca/Gaona, do Peru. Na disputa masculina, André e George salvaram dois match points para garantir a vitória no tie-break contra os argentinos Nicolás e Tomás Capogrosso.

Duda e Ana Patrícia mais uma vez ditaram o ritmo da partida e precisaram de 28 minutos de jogo para vencer as peruanas Allcca e Gaona por 2 sets 0 (21/12 e 21/9). Nas semis, nesta quinta-feira, elas enfrentam Quiggle e Schermerhorn-Murphy, dos Estados Unidos.

André e George fizeram um jogo emocionante no clássico contra a Argentina. Os brasileiros salvaram dois match points e venceram os irmãos Nicolás e Tomás Capogrosso no tie-break por 21/17, 15/21 e 17/15. Nesta quinta, eles enfrentam os primos chilenos Estebán e Marco Grimalt (Chile) na semifinal.

Ana Patricia: “Nosso primeiro Pan, então a gente está realmente focada em sair daqui com uma memória positiva. Primeiro passo foi dado, estamos pelo menos na briga ali, e vamos continuar trabalhando e estudando os próximos adversários para correr atrás dessa medalha”.

Duda: “Conseguimos fazer um bom saque e uma boa virada no ataque, e isso foi muito importante no início do jogo, abrimos bem e fomos administrando aos pouquinhos. No segundo set, elas vieram mais fortes, mas a gente conseguiu de novo fazer um bom saque e bons ataques para abrir distância e finalizar em 2 a 0”.

George: “Foi sofrido, mas o que vale realmente é avançar mais uma casa. A gente sabe que os jogos aqui não vão ser tranquilos. Tem o fator pressão, a gente conhece muito os outros times e eles conhecem muito a gente. A gente entra a cada jogo para dar nosso máximo, sabendo que vai ser briga o tempo todo. Foi até um pouquinho mais. A gente está muito feliz de estar nessa semifinal e amanhã jogar mais”.

André: “A gente tem enfrentado muitos jogos difíceis, e muitos são no tie-break, com dois pontinhos definindo o vencedor. Tivemos calma, conversamos até o final as estratégias do que íamos fazer. Isso mantém a gente no ponto a ponto, com foco no fundamento. A gente vem conversando com a equipe, trabalhando com nossa psicóloga Aline que está aqui, e estamos evoluindo”.

André, sobre fair play no fim do jogo: “O lance foi para ficar 15/14, o Nico atacou e bateu no meu dedo, só que eu tinha achado que tinha batido na antena primeiro. Eu me acusei, porque o árbitro não tinha visto e realmente tinha batido em mim. Eu achei melhor me acusar porque não ia me sentir bem de ganhar o jogo assim. Passou o replay no telão e vi que não pegou na antena. Bom, deu tudo certo, e o que vale é a vitória”.

VÔLEI DE PRAIA

PRIMEIRA FASE
21/10
Duda/Ana Patricia 2 x 0 Soler/Molina (El Salvador) – 21/9 e 21/6
André/George 2 x 0 Guatemala/Flores (El Salvador) – 21/7 e 21/13 

22/10
Duda/Ana Patricia 2 x 0 Diana/Margarita (Colômbia) – 21/13 e 21/10
André/George 2 x 0 Noriega/Murray (Colômbia) – 21/15 e 21/10

23/10
Duda/Ana Patricia 2 x 0 Gonzalez/Navas (Porto Rico) – 21/15 e 21/11
André/George 1 x 2 Diaz/Alayo (Cuba) – 16/21, 21/18 e 8/15

OITAVAS DE FINAL
24/10
André/George 2 x 0 Giuliano/Gonzalo (Paraguai) – 21/14 e 21/14

QUARTAS DE FINAL
25/10
Duda/Ana Patricia 2 x 0 Alcca/Gaona (Peru) – 21/12 e 21/9
André/George x Nicolás Capogrosso/Tomás Capogrosso – 21/17, 15/21 e 17/15

SEMIFINAL
26/10
18h – Duda/Ana Patricia x Quiggle/Schermerhorn-Murphy (Estados Unidos)
20h – André/George x Esteban Grimalt/Marco Grimalt (Chile)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro