CBV e CBVD fazem parceria

Publicado em: 13/12/2019 11:25
?20200811104044
Ângelo Alves Neto e Radamés Lattari (Créditos: Divulgação/CBV)

O diretor executivo da Confederação Brasileira de Vôlei, Radamés Lattari, recebeu o presidente da Confederação Brasileira de Voleibol para Deficientes (CBVD), Ângelo Alves Neto, na manhã de quinta-feira (12.12), na sede da CBV, no Rio de Janeiro (RJ), para um encontro bastante produtivo. Os dirigentes traçaram uma parceria que será mantido pelas instituições daqui em diante.

No encontro ficou determinado que as entidades farão uma ação em conjunto no objetivo de localizar atletas e ex-atletas com algum tipo de deficiência para promover a migração dessas pessoas para o vôlei para deficientes. A forma de fazer isso será através das federações estaduais.

Caso o ex-jogador esteja impedido de praticar o vôlei, por um acidente ou lesão, ele será convidado a ingressar no vôlei para deficiente, buscando assim melhorar a qualidade de vida de todos. Também foi debatido o interesse de ambos em contar com a participação do vôlei sentado em alguns eventos promovidos pela CBV.

“A CBV possui um arquivo dos ex-jogadores e com isso, queremos fomentar ainda mais o vôlei sentado e colocar o Brasil no top mundial da modalidade. Vamos analisar o calendário esportivo das duas confederações para promover uma semana de treinamento conjunta engrandecendo ainda mais a modalidade”, disse Ângelo Neto.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais