Com presença de ‘reestreantes’, quartas de final feminina são definidas

No Barigui

4 de dezembro de 2015

Em Curitiba (PR) – 04.12.2015

O torneio feminino da etapa de Curitiba (PR) do Circuito Brasileiro Vôlei de Praia Open começou com 16 duplas, mas apenas oito avançaram à próxima fase nesta sexta-feira (04.12). Foram realizados 20 jogos no Parque Barigui, com a disputa da fase de grupos e Round 1 (repescagem). Destaque para duas campeãs na elite da modalidade que conseguiram avançar em seu retorno ao torneio: a carioca Renata e a paraense Vivian.

Os confrontos deste sábado (05.12), a partir das 10h, terão Lili/Carolina Horta (ES/CE) contra Ângela/Rachel (DF/RJ), Juliana/Maria Elisa (CE/PE) encarando Thati/Renata (PB/RJ), Duda/Elize Maia joga com Vivian/Taiana (PA/CE), e Larissa/Talita (PA/AL) disputando a vaga na semi contra Val/Josi (RJ/SC).

As quartas de final, assim como todos os jogos, contam com entrada franca à torcida e transmissão dos jogos da quadra central no site da CBV, no link http://cbbvp.cbv.com.br/index.php/aovivo. No mesmo dia também acontece a disputa da semifinal do torneio feminino, a partir das 17h30.

Dos oito times classificados, metade avançou direto às quartas de final após duas vitórias na fase de grupos: Ângela/Rachel, Juliana/Maria Elisa, Duda/Elize Maia e Larissa/Talita. Os outros quatro times tiveram uma derrota na chave e passaram pela repescagem. Feliz com as boas apresentações, Maria Elisa destacou a classificação antecipada.

‘Nosso trabalho é esse, estamos sempre buscando jogar bem. Jogamos vôlei há muito tempo, somos experientes, então o compromisso com o acerto e a tentativa de vitória estará sempre presente. Já conseguimos muitas vitórias e tivemos muitas derrotas, por isso sabemos que é preciso manter a busca diária pela alegria de jogar. Não tem como ficar feliz perdendo, então temos compromisso com a concentração, com a parceria. Nós, como dupla, estamos serenas, mas com foco na vitória’, analisou Maria Elisa.

Classificada pela repescagem após vencer Neide/Rebecca (AL/CE) por 2 sets a 0 (21/14, 21/11), Vivian, que substitui momentaneamente Fernanda Berti, comemorou a vaga e o entrosamento com Taiana. A paraense, que estava atuando no Azerbaijão nas últimas duas temporadas e voltou ao Brasil recentemente, foi chamada para jogar em Curitiba após Berti operar o ombro.

‘Estou bem feliz com o resultado. nós já temos certa sincronia, jogamos um ano e meio juntas e nossa energia é muito boa. Vim de corpo e alma com o convite da Taiana e vamos tentar beliscar uma semifinal e quem sabe uma final. Na repescagem sacamos melhor que nos jogos anteriores, concentramos mais e tivemos a felicidade de dilatar o placar’, analisou.

Outra dupla que teve que passar pela repescagem foi Lili e Carol Horta (ES/CE), medalhistas de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Elas derrotaram Izabel e Camila por 2 sets a 1 (18/21, 21/17/, 15/12) em confronto que se repetiu da fase de grupos.

‘Vencemos Izabel e Camila na partida da fase de grupos, jogamos bem. Na repescagem tivemos algumas dificuldades, além do cansaço pela série de partidas. Mas conseguimos jogar juntas. Colocar a cabeça no lugar. Demos as mãos, uma ajudou a outra e isso fez a diferença. Nas quartas teremos pela frente Ângela e Rachel. Nos enfrentamos várias vezes nesta temporada, nos conhecemos muito. Será um jogão, times que estão crescendo. Mas vamos buscar com todas as forças a semifinal’, declarou Lili.

Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas.

O Circuito Brasileiro Vôlei de Praia Open segue em 2016 com as etapas que serão anunciadas pela CBV. Além disso, também no próximo ano ocorre o SuperPraia, torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada e encerra o calendário nacional.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

VEJA OS RESULTADOS DO DIA