Com a experiência de representar o Brasil no Mundial sub 18, Kauany defende o Bradesco Esportes (SP) na Superliga B

Jovem potencial

4 de março de 2022

Kauany defendeu a seleção brasileira sub-18 em 2021

(Bruno Alves/psports)

Além de ser o caminho rumo à elite do voleibol brasileiro, a Superliga B também terreno fértil para o desenvolvimento de novos talentos. O Bradesco Esportes (SP), que neste sábado (05.03) recebe o AGEE Atacadão São Carlos (SP), no ginásio do Bradesco Esportes, em Osasco (SP), às 19h, sabe disso. O time da região metropolitana da capital paulista conta com um jovem elenco que tem entre os destaques a ponteira Kauany Kyukawa, que em 2021 integrou a seleção brasileira sub-18 feminina na disputa do Mundial da categoria, realizado no México. 

Kauany completa 18 anos no domingo (06.03). De presente antecipado quer, claro, a vitória no clássico paulista. “Minha passagem pela seleção sub-18 no ano passado, foi um momento de muita evolução e amadurecimento. Na parte técnica e física, e também na parte mental e psicológica. Foi uma experiência fundamental para que eu seja a atleta que sou hoje”, disse Kauany. “Jogar a Superliga B é uma experiência que vem acrescentando ainda mais aprendizado. Além de ser um dos campeonatos de mais alto nível da América do Sul, a rotina pesada de treinos, a estrutura do Bradesco e a oportunidade de jogar ao lado de atletas mais velhas contribuem muito para o meu crescimento”, contou a ponteira.  

Na Superliga B, os times disputam um turno único no qual todos se enfrentam. Os quatro melhores avançam para as semifinais; e os finalistas garantem acesso à elite do voleibol nacional.  Com nove pontos em seis rodadas (três vitórias em três jogos), o Bradesco Esportes está em sexto e precisa vencer para seguir com chances de classificação. O AGEE Atacadão São Carlos está na quarta posição, com 13 pontos e quatro vitórias em seis jogos. Para o time do interior paulista o jogo deste sábado pode ser um importante passo rumo à próxima fase.  

“O Bradesco é um adversário direto na disputa por uma vaga nas semifinais. A comissão técnica adversária, comandada pelo Ricardo Amêndola, é muito competente. Os dois times chegam com condições e com o compromisso de vencer nesta reta final da fase classificatória. Será um confronto de estratégias”, disse Milton Serra, treinador da equipe de São Carlos. 

SÉTIMA RODADA FEMININA 

03.03 (QUINTA-FEIRA) Minas Náutico (MG) 0 x 3 Sesi-SP, às 16h, no Sesi Bauru, em Bauru (SP) (21/25, 24/26 e 21/25)
04.03 (SEXTA-FEIRA) Abel/Moda Brusque (SC) x Energis 8 São Caetano (SP), às 19h30, na Arena Brusque, em Brusque (SC)
05.03 (SÁBADO) Clube de Regatas do Flamengo (RJ) x Bluvolei/Furb/SME (SC), às 18h, no Hélio Maurício, no Rio de Janeiro (RJ)
05.03 (SÁBADO) Feac AFV Franca (SP) x Sada/Tambasa/Argos (MG), às 19h, no Champagnat, em Franca (SP)
05.03 (SÁBADO) Bradesco Esportes (SP) x AGEE Atacadão São Carlos (SP), às 19h, no Bradesco Esportes, em Osasco (SP) 

SÉTIMA RODADA MASCULINA 

05.03 (SÁBADO) Vila Nova FC (GO) x Smel Araucária ASPMA Berneck (PR), às 17h, na Goiânia Arena, em Goiânia (GO)
05.03 (SÁBADO) Vôlei Futuro Araçatuba (SP) x Minas Náutico (MG), às 17h, no Plácido Rocha, em Araçatuba (SP) – Transmissão Canal Vôlei Brasil
05.03 (SÁBADO) Instituto Cuca (CE) x JF Vôlei (MG), às 18h, no Cuca José Walter, em Fortaleza (CE) – Transmissão Canal Vôlei Brasil
05.03 (SÁBADO) Aprov/Chapecó (SC) x Suzano Vôlei (SP), às 19h, no Ivo da Silveira, em Chapecó (SC)
05.03 (SÁBADO) Niterói Vôlei Clube (RJ) x Cafevascolcelos/Araguaria/Ubevolei (MG), às 19h, no Canto do Rio, em Niterói (RJ) 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro