Brasil larga com vitórias e duas duplas liderando seus grupos em Ancón

etapa peruana

3 de março de 2017

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 03.03.2017

As duplas brasileiras conquistaram bons resultados na estreia da etapa peruana do Circuito Sul-Americano 2017, realizada na cidade de Ancón. Foram cinco vitórias em oito jogos nesta sexta-feira (03.03), sendo que duas derrotas foram em partidas realizadas entre as próprias duplas brasileiras. Destaque para Oscar/Hevaldo (RJ/CE) e Lili/Josi (ES/SC), que venceram dois jogos seguidos e lideram seus respectivos grupos.

As duplas brasileiras foram alocadas nas mesmas chaves em ambos os naipes, fazendo com que se enfrentassem já na estreia da etapa peruana. No naipe masculino, Oscar e Hevaldo (RJ/CE) tiveram dificuldades, mas superaram os jovens Matheus Maia e Jonas (RJ) por 2 sets a 1 (21/16, 24/26, 15/9), em duelo verde e amarelo. 

Horas mais tarde, Oscar e Hevaldo, que foram bronze na etapa de Maceió (AL) do Circuito Brasileiro, há duas semanas, conseguiram outro triunfo. Eles superaram os peruanos Japon e Vega com tranquilidade, por 2 sets a 0 (21/12, 21/17). A dupla brasileira encerra a fase de grupos enfrentando os colombianos Paternina e Corredor na manhã deste sábado (04.03), em partida valendo a primeira posição da chave.

Já Matheus Maia e Jonas acabaram tropeçando na segunda rodada, ao serem superados pelos colombianos Paternina e Corredor por 2 sets a 1 (21/19, 17/21, 15/13), em jogo muito equilibrado. Eles encaram os peruanos Japon e Vega, mas não têm mais chances de avançar as quartas de final do torneio, que também ocorrem no sábado.

As duplas femininas brasileiras também se encontraram logo na estreia da competição. Assim como no naipe masculino, o time mais experiente levou a melhor sobre a equipe Sub-23. Lili e Josi (ES/SC) superaram Andressa/Paula Hoffmann (PB/RJ) por 2 sets a 0 (21/15, 21/19). O time formado no começo deste ano venceu também o segundo duelo do dia, superando rapidamente as argentinas Churin e Villar por 2 sets a 0 (21/9, 21/12). Josi e Lili encerram a fase de grupos contra as também argentinas Zonta e Milesi. 

Andressa e Paula Hoffmann se recuperaram da derrota para as compatriotas e venceram Zonta e Milesi no segundo jogo do dia, por 2 sets a 0 (21/15, 21/15), mantendo grandes chances de classificação às quartas de final. Elas precisam de vitória sobre as argentinas Churin e Villar, que ainda não venceram no Peru, na última rodada do grupo, neste sábado.

O ranking do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada etapa. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, e reduzindo 20 pontos em cada posição seguinte. 

A temporada 2017 será composta por seis paradas regulares e uma etapa final, que vale mais pontos. Os critérios usados pela CBV na convocação são a posição do ranking de entradas do Circuito Brasileiro (a dupla inscrita com melhor colocação) e uma dupla Sub-23 escolhida pela entidade com base em critérios técnicos.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro