Alison e Bruno Schmidt vencem norte-americanos e vão à final em etapa brasileira

embalados

20 de maio de 2017

Alison tenta enganar bloqueio dos EUA na semifinal

(Daniel Zappe/MPIX/CBV)

No Rio de Janeiro (RJ) – 20.05.2017

Os campeões olímpicos de vôlei de praia buscarão mais uma glória no Rio de Janeiro (RJ). Alison e Bruno Schmidt (ES/DF) superaram na noite deste sábado (20.05) os norte-americanos Theo Brunner e Casey Patterson por 2 sets a 0 (21/16, 21/14) na semifinal disputada na arena de tênis do Parque Olímpico. Eles encaram na final os poloneses Losiak e Kantor.

A final será disputada às 11h20 (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV 2. Será a oitava vez que as duplas de Brasil e Polônia se encaram, com sete vitórias de Alison e Bruno Schmidt. A disputa da medalha de bronze, às 9h, será entre os italianos Nicolai/Lupo e os norte-americanos eliminados pelos brasileiros. 

Alison comemorou a boa partida e as cinco vitórias sem perder nenhum set até aqui, mas lembrou que o time precisa se superar constantemente.

"Todo mundo estuda muito o nosso time. Se o placar foi um pouco elástico é porque acabou fluindo o jogo, um bloqueio que entra, a defesa que acaba encaixando, o adversário que não sabe o que fazer. O Bruno sacou muito bem. Tudo isso é resultado de trabalho e da nossa equipe, eles merecem isso tudo, nós só fazemos o que eles mandam", disse Alison.

Bruno Schmidt lembrou a boa apresentação dos poloneses, que em 2016 venceram a etapa do Rio de Janeiro, e destacou que qualquer adversário nesta etapa é de alto nível.

"Fizemos uma grande semifinal. Agora é descansar e entrar com tudo contra quem for amanhã. São grandes duplas, ninguém chega nesta fase sem estar muito bem, com ótimo ritmo. Vamos procurar descansar e ouvir o que nossa comissão técnica vai nos passar".

É a segunda etapa de Alison e Bruno Schmidt no Circuito Mundial 2017. No Major Series de Fort Lauderdale, nos EUA, eles ficaram na quinta colocação. No mês passado, venceram o SuperPraia, evento ‘finals’ que reúne os mais bem ranqueados do Circuito Brasileiro.

A partida da semifinal foi dominada desde o início por Alison e Bruno Schmidt. Os brasileiros mantiveram vantagem e pouco foram ameaçados. Os norte-americanos, que se uniram recentemente, tentaram mudar o rumo da partida pedindo tempo, mas não engatavam uma sequência, ficando sempre atrás do placar.

Esta é a 18ª vez que o Rio de Janeiro sedia uma etapa do Circuito Mundial, tendo sido palco de algum evento nos últimos três anos seguidos. O Brasil, maior vencedor da modalidade, nunca ficou de fora do tour desde sua criação, em 1987. A premiação total do evento 4 estrelas que acontece nesta semana é de 300 mil dólares.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO DIA
http://worldtour.2017.fivb.com/en/mrio2017/men/results/maindraw

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
http://2017.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/28261-rio-de-janeiro-rj—20.05.2017—circuito-mundial—dia-04.html

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro