Alison/Álvaro, André/George e Pedro Solberg/Vitor vencem segundo jogo no grupo

Campeonato Mundial

30 de junho de 2019

Alison sobe alto para bloquear atleta do Qatar

(Divulgação/FIVB)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 30.06.2019

As duplas brasileiras seguem invictas no Campeonato Mundial de vôlei de praia 2019, disputado em Hamburgo (Alemanha). Neste domingo (30.06), Alison/Álvaro Filho (ES/PB), André/George (ES/PB) e Pedro Solberg/Vitor Felipe (RJ/PB) vencem a segunda rodada da fase de grupos e brigarão para fecharem na liderança de suas respectivas chaves. Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) folgou e joga a segunda rodada apenas nesta segunda-feira (01.07).

Com os jogos deste domingo, são sete vitórias em sete jogos no naipe masculino para o Brasil. O torneio segue até o próximo domingo (07.07), dia das finais. Os times que entraram em quadra neste domingo folgarão na segunda e volta à quadra apenas na terça-feira (02.07) – casos de Alison/Álvaro e Pedro/Vitor – ou na quarta-feira (03.07), para André e George.

Alison e Álvaro Filho superaram neste domingo Tamer Abdelrasoul e Assam Mahmoud, do Qatar, por 2 sets a 0 (21/16, 21/8), em 33 minutos de duração. Alison, com três bloqueios, 14 ataques certos e três aces, foi o maior pontuador do confronto. Após o segundo triunfo no grupo E, o campeão olímpico Alison analisou a diferença em relação ao primeiro duelo.

“Foi um jogo bem diferente do primeiro, jogamos em uma quadra que ainda não tínhamos treinado, estávamos buscando referências. O vento estava bastante forte. Tivemos um pouco de dificuldade no primeiro set, mas no segundo conseguimos desenvolver bem, colocamos nosso ritmo e jogamos o melhor voleibol possível. É uma chave bastante difícil, cada jogo é uma final para nós”, destacou o bloqueador da dupla.

Alison e Álvaro encaram agora os russos Semenov e Leshukov, na terça-feira, às 10h (de Brasília), valendo a liderança do grupo. Será o primeiro confronto entre os dois times, e os russos somam uma vitória e uma derrota em Hamburgo até agora.

André Stein e George também tiveram uma segunda rodada mais tranquila do que a estreia em Hamburgo. Assim como Alison/Álvaro, eles venceram o primeiro duelo no tie-break, mas também superaram o segundo desafio em sets diretos. Triunfo por 2 sets a 0 (21/13, 21/11), em 27 minutos, sobre os moçambicanos Nguvo e Soares. André analisou.

“É uma dupla que não roda o Circuito Mundial, não tínhamos muitas informações, analisamos o jogo de estreia deles contra os italianos para ter alguma noção tática. Conseguimos fazer nossa parte muito bem, tivemos um jogo controlado, apesar do vento, foi importante para a sequência do Campeonato Mundial”, disse o atual campeão mundial.

George também analisou o triunfo pelo grupo H e destacou que os treinos no litoral brasileiro, com muito vento, ajudaram no duelo deste domingo em Hamburgo.

“O vento estava forte, fez bastante diferença no saque, neste sentido foi até bom. Mas a levantada acaba indo e vindo, fica oscilando mais. Mas treinamos em João Pessoa (PB), venta muito lá e acredito que por isso soubemos lidar melhor com esse fator”, declarou.

André e George encerram a fase de grupos contra os italianos Nicolai e Lupo, atuais vice-campeões olímpicos. O duelo ocorre na quarta-feira (03.07), às 9h (de Brasília), e será o primeiro entre os dois times no tour internacional. Os italianos também venceram as duas partidas pela chave em Hamburgo.

Pedro Solberg e Vitor Felipe fecharam a participação masculina do Brasil com uma excelente apresentação, superando os cubanos González e Reyes por 2 sets a 0 (21/12, 21/16), em 31 minutos. A dupla brasileira errou muito pouco, cedendo apenas seis pontos aos adversários, contra 16 dos cubanos. Pedro, que anotou 14 pontos no duelo, analisou.

“Acho que jogamos muito bem hoje, estou muito feliz com nossa performance, fizemos as coisas darem certo. É um time novo de Cuba, González mudou de parceiro e o novo jogador da saída de rede, Reyes, é muito bom, saca muito bem, sabíamos que seria difícil. Não tínhamos tantos vídeos sobre esse novo time, eles disputaram apenas a etapa da Polônia neste ano, mas soubemos impor nosso jogo. Estou empolgado com o que podemos fazer na sequência da competição”, disse o medalhista de bronze do Campeonato Mundial de 2015.

Pedro e Vitor encaram agora os líderes do ranking mundial, os noruegueses Mol e Sorum, que também chegam para a disputa do primeiro lugar da chave A com duas vitórias. A partida acontece na terça-feira (02.07), às 12h (de Brasília). Os dois times se enfrentaram uma vez, na etapa da Polônia deste ano, com vitória dos noruegueses.

A fase de grupos conta com 48 times em cada naipe, divididos em 12 grupos com quatro duplas. Eles jogam entre si e os primeiros e segundos avançam aos playoffs, assim como os quatro melhores terceiros colocados. Os outros oito terceiros colocados disputam uma rodada eliminatória chamada Lucky Looser, com os vencedores também avançando ao mata-mata, totalizando 32 times. A competição segue em formato eliminatório com round 1, oitavas de final, quartas de final, semifinais e disputas de bronze e ouro.

Somando os naipes masculino e feminino, o Brasil soma 12 medalhas de ouro, nove de prata e dez de bronze nas 11 edições realizadas. Brasil contra Estados Unidos foi a final mais repetida na história, tendo acontecido em sete oportunidades. O Campeonato Mundial é o principal torneio da temporada, com uma premiação total de 1 milhão de dólares (500 mil para cada naipe) e a maior pontuação ao ranking da temporada.

RESULTADOS DO BRASIL NO DIA – MASCULINO:
Alison/Álvaro Filho 2 X 0 Tamer/Mahmoud (QAT) – 21/16, 21/8
André Stein/George 2 X 0 Nguvo/Soares (MOÇ) – 21/13, 21/11
Pedro Solberg/Vitor 2 X 0 González/Reyes (CUB) – 21/12, 21/16

VEJA OS JOGOS DESTA SEGUNDA:
Ana Patrícia/Rebecca x Liliana/Elsa Baquerizo (ESP) – 8h – YouTube FIVB
Evandro/Bruno x Tigrito/Charly (VEN) – 9h – YouTube FIVB
Fernanda Berti/Bárbara x Dubovcova/Strbova (SVK) – 10h – YouTube FIVB
Ágatha/Duda x Fan Wang/Xinyi Xia (CHN) – 11h – SporTV 2/AO VIVO

VEJA A GALERIA DE FOTOS E OS RESULTADOS
http://hamburg2019.fivb.com/en/schedule#/d20190630

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro